First Orion: nove em dez brasileiros só atendem números identificados

Pitty Sehbe, general manager da First Orion no Brasil. Foto: Marcelo Kahn

[Publicado originalmente no Mobile Time] Na era do WhatsApp e da Internet baseada em dados, a logo da empresa e uma frase assertiva na tela de mensagem do celular de quem recebe a ligação são fundamentais para se ter um relacionamento mais estreito com o cliente. Essa é a visão da First Orion, empresa que vem buscando reduzir a lacuna entre a empresa que tenta o contato telefônico por voz e o consumidor que cada vez menos atende o telefone. De acordo com Pitty Sehbe, general manager da First Orion no Brasil, 87% dos brasileiros não atendem números não identificados e nove em 10 só atendem números identificados: "A estratégia correta para o cliente atender é (ele) saber o motivo ao receber a ligação", explicou.

Durante o Fórum das Operadoras Inovadoras, evento organizado por Mobile Time e Teletime nesta terça-feira, 5, Sehbe explicou que a sua empresa oferece uma solução para colocar uma "frase atrativa e chamativa" para fazer o cliente atender a ligação, além da logomarca.

"Só o impacto que a logo da empresa gera na tela do celular, e uma informação prévia do que seja o assunto a ser tratado, já dá uma confiança ao usuário. Foi assim que vimos os bons resultados nos Estados Unidos e em Dubai", disse.

Notícias relacionadas

No case de Dubai, com o aplicativo Keno, a First Orion melhorou em 92% a taxa de clientes que atendiam ligações para marcar limpeza de carro, por exemplo. E nos Estados Unidos, as resoluções em primeiro contato no call center da Balboa Digital subiram 76%.

Fórum das Operadoras Inovadoras 2022

O evento organizado por Mobile Time e Teletime continua nesta quarta-feira, 6, com painéis sobre MVNOs e diversificação dos negócios dos ISPs. O dia contará ainda com diversas sessões especiais sobre IoT, Wi-Fi 6E, entre outras, e com a participação de executivos de empresas como Stellantis, Arqia, Cisco, Surf Telecom, Nomo, Um Telecom, Vero, Neo, dentre outras.

Mais informações sobre o Fórum das Operadoras Inovadoras 2022 aqui.

Deixe seu comentário