Definição de modelo de negócios é a principal barreira para IoT

A cada cem empresas, 35 possuem alguma iniciativa em progresso para Internet das Coisas (IoT), de acordo com pesquisa do CPqD divulgada nesta terça-feira, 5. O levantamento, feito com cem profissionais em webinars sobre o assunto ao longo dos últimos 12 meses (ou seja, são empresas que têm interesse no tema), revela ainda que 42% das pesquisadas planejam implantar iniciativas de IoT em até um ano, enquanto 23% acreditam que farão isso a longo prazo. A quantidade de companhias que investem na Internet das Coisas não é maior porque as companhias ainda precisam entender como vão conseguir retorno. Os profissionais citam como dificuldades para planejamento e implantação a definição do modelo de negócio (28%); problemas para obter recursos para inovação (19%); a falta de padronização da tecnologia (17%); retorno do investimento incerto (14%); riscos associados à segurança e privacidade (14%); e alta complexidade do desenvolvimento e implantação (8%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.