Teles brasileiras compraram 3 milhões de micro-SIMcards no ano passado

O mercado brasileiro de micro-SIMcards no ano passado é estimado em aproximadamente 3 milhões de unidades: esse foi o volume de peças enviadas para as operadoras celulares nacionais, de acordo com estimativa do diretor de tecnologia da GD Burti, Gustavo Ullmann. Somente a GD Burti foi responsável pela entrega de 600 mil micro-SIMcards em 2011.

Notícias relacionadas
A demanda por esse tipo de chip no ano passado se deveu basicamente para atender aos usuários de iPhones e iPads. Em 2012, a expectativa é de que esse volume cresça, pois foram lançados novos produtos que utilizam micro-SIMcard, como o novo Razr, da Motorola, e os smartphones da família Lumia, da Nokia. Entretanto, segundo Ullmann, pelo menos neste primeiro trimestre ainda não foi sentido um aumento da demanda. "Pode ser que as teles estejam estocadas", avalia.

O micro-SIMcard, também conhecido como 3FF (third form factor), mede 15 x 12 milímetros. Para efeito de comparação: o SIMcard tradicional (ou 2FF) mede 15 x 25 mm.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.