Ericsson mira novas oportunidades para aquisições em 2021

Em relatório anual sobre 2020 publicado nesta sexta-feira, 4, a Ericsson reiterou o interesse de ir às compras ao longo de 2021. A fornecedora também entende que incrementou sua capacidade para fusões e aquisições (M&A) durante o ano passado.

"Continuamos a ver que M&A desempenhando um papel importante para fortalecer ainda mais a nossa empresa e o foco daqui para frente serão oportunidades próximas ao nosso portfólio", afirmou o presidente e CEO da Ericsson, Börje Ekholm. Segundo o relatório, serão privilegiadas soluções que apoiem "novos fluxos de receita" para operadoras clientes.

A empresa, contudo, afirmou que, para "garantir que não repetirá erros", um processo de ponta a ponta para avaliação de alvos baseado em diligência prévia "completa e cuidadosa" foi estabelecido.

Notícias relacionadas

Metas

No relatório anual, a companhia sueca destacou a aquisição em 2020 da Cradlepoint. O negócio adicionou novas soluções para conexão fixa sem fio, serviços de campo e dispositivos de Internet das Coisas (IoT) ao portfólio.

A Ericsson cita desembolsos com o negócio como um dos fatores que podem gerar impacto negativo nas margens em 2021, ao lado de menores receitas de licenciamento de patentes devido a renovações de contratos. Ainda assim, o guidance para 2022 permanece em vigor, uma que vez que os resultados de 2020 foram considerados promissores pela empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.