Tecnologia de Wi-Fi público que será usado nas Olimpíadas do Rio é demonstrada no MWC

O maior evento de tecnologias móveis do mundo não pode, naturalmente, não ter uma boa rede WiFi. Mas no caso do Mobile World Congress deste ano, que aconteceu esta semana em Barcelona, a rede Wi-Fi foi usada com um outro propósito. A Cisco, provedora do serviço, aproveitou o MWC para uma demonstração de todo o potencial de análise de dados possível, e que será a mesma tecnologia usada nas Olimpíadas do Rio, em 2016. No MWC foram 850 hotspots espalhados por todo o evento. No Rio serão mais de 8 mil entre os diferentes locais de provas e pontos de grande circulação.

Notícias relacionadas
O nível de detalhes da movimentação das pessoas ao longo da feira é assustador. No dia de maior movimento (terça, dia 3) foram mais de 130 mil dispositivos que passaram pelo evento. Nos outros, um pouco menos. Detalhe: o sistema analisa e contabiliza não apenas aqueles logados na rede WiFi mas qualquer um que esteja com o WiFi ligado, mesmo que não se conectem à Internet, já que a análise é feita pela troca de MAC Address entre dispositivos e hotspots. A análise de dados mostra que os dispositivos Apple foram os que mais se conectaram à rede, com mais da metade do volume de dados trafegados.

A Cisco ainda fez análise sobre horários de chegada e saída ao evento, fluxo de pessoas e estandes mais visitados, pontos em que houve mais ameaças à rede com tentativas de quebra de segurança, posts em redes sociais, movimentação dos funcionários do evento (cada um deles podia ser rastreado individualmente, pontos de concentração de pessoas etc.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.