Grupo Telefónica corta investimentos globais para reduzir dívida pela metade

O grupo Telefónica comunicou à Comissão Nacional de Mercado de Valores da Espanha (NMV), de acordo com notícia veiculada na imprensa internacional, que está implementando mundialmente uma série de medidas de contenção de gastos, cortes de investimentos e vendas de ativos, a fim de reduzir sua dívida global pela metade, para cerca de 16,2 bilhões de euros (US$ 14,05 bilhões) até 2004. Entre as metas, estão renegociações com fornecedores, para reduzir em até 10% o valor de contratos, e com instaladores, com o objetivo de chegar a descontos de até 20%. Os investimentos da companhia, especialmente na América Latina, devem ser reduzidos drasticamente. A operadora tem em mente a venda de ativos não estratégicos, como o Pearson, Hispasat, Infonet, Azul Televisión e Torneos y Competencias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.