Pagamento será por uso da rede

Alain Riviere afirma que, no contrato de interconexão que será apresentado à Embratel, a Intelig se propõe a pagar pelo tráfego adicional que será gerado na rede da concorrente. "Embora digam que queremos o peering, que é a troca não-remunerada de tráfego entre backbones Internet de tamanhos comparáveis, não é isso que queremos. Reconhecemos que nossa rede é muito menor que a da Embratel e só queremos ter acesso, através de contratos de interconexão, à Internet. A remuneração, então, será proporcional à quantidade de tráfego que a rede da Embratel terá a mais por nossa causa, a partir do momento em que nos conectarmos a ela", diz Riviere.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.