Serviço de banda larga via satélite da Media Networks já está, tecnicamente, operacional

O serviço de banda larga via satélite em banda Ka da Media Networks, unidade de B2B da Telefónica Digital, já está operacional. A previsão de lançamento comercial do serviço já era esperada para o quarto trimestre, como havia adiantado este noticiário.

De acordo com comunicado da empresa, os testes de conectividade entre nove portadoras – com beams que cobrem 125 mil km² de áreas no Brasil, México, Chile, Colômbia, Equador e Peru – e o centro de gestão de Lurín (Peru) e os teleportos de Laredo, no Texas (EUA), e Arica (Chile) foram concluídos com êxito.

A Media Networks fará a oferta de atacado de conectividade em banda Ka do satélite Amazonas 3, da Hispamar, utilizando a plataforma da Hughes Networks Systems, do grupo Echostar (ao qual também pertence a Dish). No Brasil, o serviço, nomeado de ISAT-KA pela Media Networks, será operado pela empresa de Goiânia Via Sat Brasil.

A Media Networks também concluiu a capacitação das equipes técnicas de instalação e suporte dos operadores que venderão o serviço no Brasil, Chile e Colômbia para os usuários finais.

A Via Sat Brasil já está com o produto à venda, mas dependia da conclusão dos trabalhos de integração da tecnologia da Hughes para conseguir fazer as primeiras instalações. A Via Sat Brasil (que apesar do nome, nada tem a ver com a operadora de banda Ka Viasat, nos EUA) tem acordo de exclusividade para comercializar a capacidade da Media Netwoks no satélite Amazonas 3.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.