Conselheiro Euler de Morais reafirma: Anatel viu conflitos de interesse na reunião do conselho da Oi

Não pegou bem a declaração de Hélio Costa, conselheiro da Oi e representante do grupo Société Mondiale na operadora, após a reunião com o presidente Michel Temer, em Brasília, na quarta, dia 3. Costa afirmou, conforme relatou o jornal Valor: "Vão ter que nos explicar qual é o conflito", disse Costa, em referência à nota publicada pela Anatel na semana passada quando o conselheiro Leonardo Euler de Morais decidiu adiar a votação sobre o início ou não do processo de caducidade da operadora.
A nota dizia, sobre a reunião do conselho de administração: "tais eventos trazem ao exame nuances que suscitam, inclusive, indícios de eventual conflito de interesses prejudicial a necessária construção de Plano de Recuperação Judicial que efetivamente contemple os interesses associados à viabilidade operacional no longo prazo das empresas do Grupo Oi".
Euler de Morais disse a este noticiário que mantém os termos da nota. Segundo ele, "é desprovido de lógica qualquer argumento orientado a subverter a ordem e a direção da autoridade. Não me cabe tecer maiores comentários. Reafirmo os exatos termos da Nota. Manterei a costumeira discrição requerida no tratamento desta matéria. O que tiver que ser dito o será nos autos", declarou o conselheiro da Anatel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.