Primeira conexão de 100 Gbps transatlântica é demonstrada na Holanda

Pesquisadores de seis empresas de pesquisas e educação em redes e dois "parceiros comerciais" demonstraram na segunda, 3, a primeira transmissão transatlântica de 100 Gbps durante uma conferência do setor na cidade de Maastricht, na Holanda. A conexão foi realizada entre a América do Norte e a Europa como parte do projeto Advanced North Atlantic 100G Pilot (ANA-100G), que visa testar tecnologias novas como redes definidas por software (SDN, na sigla em inglês), além de aplicações para engenharia, ciência, pesquisa e educação.

Os participantes no ANA-100G são a Internet2, NORDUnet, ESnet, SURFnet, Canarie e Géant. A Ciena também participa do piloto provendo equipamento fotônico, incluindo um trasnponder recém lançado, enquanto a Juniper emprestou equipamentos para permitir as demonstrações.

O link conectou Amsterdã e Nova York, além de mais dois pontos de troca, por pelo menos mais 12 meses após a conferência. De acordo com o comunicado à imprensa, os esforços vão determinar os requerimentos operacionais necessários para rodar efetivamente os cumprimentos de onda de 100 Gbps para atender à crescente demanda de organizações de pesquisa, como o acelerador de partículas Grande Colisor de Hádrons, na Suíça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.