Nova MVNO deverá ser lançada em janeiro de 2014 usando rede da Vivo

A francesa Sisteer anunciou nesta terça-feira, 4, a assinatura de um contrato de compartilhamento de rede com a Telefônica/Vivo para lançar uma operadora virtual (MVNO) no Brasil. A parceria, confirmada pela tele brasileira, ainda não tem a área de atuação divulgada nem a marca a ser utilizada, mas já está com a meta de ter o lançamento comercial em janeiro de 2014. Diferente das atuais MVNOs no País, Datora e Porto Seguro, a nova operadora virtual deverá atender ao consumidor final.

Com atuação na França, Bélgica e Malásia, a Sisteer normalmente é tida como uma Mobile Virtual Network Enabler (MVNE), mas os planos para o mercado brasileiro foram outros. "Fomos atrás de uma licença de operadora autorizada para poder atuar no Brasil como MVNE, MVNO e MVNA (agregadora), e isso significa que nossas intenções são mesmo de lançar uma MVNO", garante o CEO da companhia no País, Greg Descamps.

Contrário ao que acontece com as 37 operadoras virtuais da companhia no mundo, a futura operadora brasileira será a primeira a utilizar totalmente a plataforma e tecnologia da Sisteer. "Como não tem mercado no País, a melhor forma de fomentar é montar a própria MVNO", diz o executivo, negando que tenha havido interesse de outras companhias de telecomunicações em entrar no setor de serviços móveis.

Descamps recusa comparações com a eventual chegada da Virgin no Brasil. "Talvez ela não ataque o mesmo segmento que a nossa operadora. Será que vamos competir de verdade? Não sei, mas vamos atuar também com o B2C (business-to-costumer)", diz. O executivo se recusou a comentar se a nova MVNO significaria o fim da parceria tecnológica que a Sisteer tem com a TIM no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.