Investimentos em infraestrutura permitirão à TIM voltar a focar em 3G ainda em 2010

Um dos fatores que ajudaram a TIM a ter um desempenho melhor no trimestre, segundo seu presidente, Luca Luciani, foi o considerável crescimento no investimento em infraestrutura de rede. A companhia investiu R$ 567 milhões, quase três vezes mais que os R$ 194 milhões de igual trimestre do ano passado, tanto em infraestrutura de segunda geração e de terceira geração (2G e 3G). O número de estações 3G chegou a 1 mil, comparado com 193 ERBs no primeiro trimestre de 2009. Já as ERBs de 2G foram a 4 mil, onze vezes mais que no ano passado. A previsão de CAPEX para o final de 2010 é de R$ 2,5 bilhões, aumento de 20% em relação ao ano passado. Segundo Luciani, sem a integração com a Intelig, a TIM teria de investir R$ 3 bilhões. "Os anéis ópticos da Intelig, que somam mais de 14 mil quilômetros já começam a nos beneficiar, pois nos pouparam cerca de R$ 500 milhões de CAPEX", diz.
Segundo Luciani, a integração com a infraestrutura da Intelig se dará sobretudo no Rio de Janeiro e São Paulo, mas que a operadora pretende continuar investindo em crescimento de cobertura com qualidade em outras regiões. "Estamos avançando em uma cidade por dia, uma antena por hora, o número de municípios mais do que dobraram, estamos desenvolvendo em três meses o que foi desenvolvido em três anos nos serviços 3G e estamos chegando perto de 50% dessa cobertura", diz.
De acordo com o executivo, com todos esses investimentos, a TIM, que no ano passado havia desacelerado investimentos no marketing e na oferta de pacotes de serviços 3G, deve voltar a fazê-lo no segundo semestre de 2010. "Todo esse aporte nos prepara para voltar a ofertar serviços 3G de forma massiva", finaliza o executivo, que no entanto garante que a voz permanecerá sendo a vedete entre os serviços da operadora por algum tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.