Qualcomm fecha 2012 como terceiro maior vendor de semicondutores do mundo

As receitas mundiais da indústria de semicondutores somaram um montante de US$ 299,9 bilhões em 2012, uma queda de 2,6% em relação ao ano anterior, impactadas por uma quebra nos padrões normais de consumo de setores que impulsionam essa indústria, como o de PCs, plataformas wireless, eletrônicos de consumo e automotivos. Os dados foram divulgados nessa quinta, 4, pelo Gartner.

Chama a atenção, entretanto, o forte crescimento da Qualcomm, que subiu da 6ª posição que ocupava em 2011, para o 3º lugar no ranking mundial de vendors de semicondutores, ultrapassando Texas Instruments e Toshiba, e encerrando o ano passado com uma participação de mercado de 4,4%. No período, as receitas dessa indústria renderam à Qualcomm US$ 13,2 bilhões, alta de 31,8% em relação ao faturamento com semicondutores em 2011, graças à sua posição de dominância no segmento de chipsets para dispositivos sem fio.

Como há 21 anos, a Intel permanece líder do setor, com 16,4% do mercado mundial, mas enfrentou uma redução de 3,1% em suas receitas com semicondutores no período, encerrando 2012 em US$ 49,1 bilhões, impactada pela queda nas remessas de PCs.

A Samsung ficou com a segunda posição no ranking, com 9,5% do mercado mundial, e obteve receitas de US$ 28,6 bilhões, alta de 3,1% em relação a 2011. Na quarta colocação ficou a Texas Instruments, com 3,7% de share e receitas de US$ 11,1 bilhões; seguida pela Toshiba (3,5% e US$ 10,6 bilhões); Renesas Electronics (3,1% e US$ 9,1 bilhões); SK Hynix (3% e US$ 9 bilhões); STMicroelectronics (2,8% e US$ 8,4 bilhões); Broadcom (2,6% e US$ 7,8 bilhões); e Micron Technology (2,3% e US$ 6,9 bilhões). Outros vendors concentram 48,7% do mercado de semicondutores e somam receitas de US$ 146 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.