Greve na Dataprev pode chegar ao fim esta semana

Após audiência de mediação realizada na tarde desta terça-feira, 4, no Tribunal Superior do Trabalho (TST), e conduzida pela ministra Kátia Arruda, foi firmado acordo entre a Dataprev e as entidades representativas dos Trabalhadores (Fenadados, Sindpd/RS, Sindpd/SC e FNI), para suspensão da greve dos empregados da empresa, que ocorre em âmbito nacional.

Os termos do acordo firmado preveem, pelo lado dos empregados, a suspensão da paralisação pelo prazo de até 30 dias (15 prorrogáveis por mais 15), tempo que pode durar o processo de negociação no TST.

Pelo lado da Dataprev, ficou acordado que não haverá "dispensa de empregados das unidades em processo de desativação" e nem o desconto dos dias de paralisação, pelo prazo previsto no acordo firmado. As entidades sindicais realizarão uma assembleia nacional nesta quarta-feira, 5, para apresentar o termos do acordo aos trabalhadores.

Os empregados da estatal estavam em greve desde o dia 27 de janeiro. A paralização foi motivada pela reformulação proposta pela diretoria da empresa, que previa a demissão de 493 empregados das 20 regionais e contra a privatização da estatal, já anunciada pelo governo federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.