Para Senador, interesses setoriais são os responsáveis por morosidade do Congresso

A morosidade e a dificuldade do Congresso para tratar de questões de comunicação, na visão do senador Wellington Salgado (PMDB/MG) são, na maior parte das vezes, culpa do próprio setor. Para o senador, que presidiu a comissão de ciência, tecnologia, comunicação e inovação do Senado, existem muitos temas que chegam e são colocados em discussão por parlamentares. "O que acontece é que muitas vezes o interesse dos senhores faz com que um projeto ande mais rápido ou mais devagar". O senador lembrou que mesmo os mecanismos regimentais que permitem protelar uma discussão são, muitas vezes, sugeridos pelos próprios setores interessados.
Salgado também lembrou, no contexto de uma discussão sobre a aplicabilidade ou não das regras constitucionais sobre empresas jornalísticas que utilizam a Internet, que as grandes disputas que se colocam têm, como pano de fundo, interesses econômicos. "Dois homens só brigam por duas coisas: sexo ou dinheiro. Como acho que ninguém está levantando essa discussão por sexo, só pode ser por dinheiro", sintetizou o senador. Wellington Salgado participou do seminário Políticas de (Tele)Comunicações, realizado pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicação da UnB em Brasília nesta quinta, 4.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.