Nova diretoria da Acel toma posse e quer mudanças no modelo

A nova diretoria da Acel ? associação que reúne das empresas prestadoras do serviço móvel, tomou posse na noite desta segunda, 2, com a presença do ministro das comunicações, Juarez Quadros. Em seu discursos de posse, o novo presidente da associação, Mario Cesar Araujo, lembrou a importância do segmento, ?o único a atuar em efetivo ambiente competitivo?, acentuando que especialmente no momento de transição de governo, ?nossa bagagem de conhecimento dos anseios das comunidades nas quais estamos presentes nos credenciam com muito mais propriedade que as formulações de gabinete a subsidiar qualquer revisão que venha a ser implementada no modelo regulatório?.

Importância minimizada

Na visão do novo presidente da Acel, as características das plataformas do serviço móvel e as facilidades delas decorrentes são algumas vezes minimizadas.

Notícias relacionadas
Para Mario Cesar Araujo, a nova administração pública deve repensar a questão dos impostos incidentes sobre o setor de telecomunicações e acredita que a associação que agora vai presidir deverá oferecer subsídios concretos aos legisladores. Em relação ao Fust, o novo presidente da Acel acredita ser necessário evitar que aconteça com ele o que aconteceu com o antigo FNT ? Fundo Nacional das Telecomunicações, que acabou sendo incorporado pelo FND ? Fundo Nacional para o Desenvolvimento e nunca foi aplicado em telecomunicações. Além disso, Araujo acentuou a necessidade da revisão da lei do Fust para que as empresas do serviço móvel celular também possam participar das licitações dos projetos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.