Google, Samsung e Apple são processadas por quebra de patente de reconhecimento de voz

A Accredited Transcription Corporation (ATC), que se define como “companhia de propriedade intelectual”, abriu um processo contra três gigantes de tecnologia — Google, Samsung e Apple. A empresa diz que moveu a ação judicial em razão da violação de sua patente de reconhecimento de voz. O objetivo da ATC é cobrar royalties das três empresas e de “outros fabricantes de hardware e software que adotaram sistemas similares à patente”.

Notícias relacionadas

Trata-se da patente número 6.298.326 que é utilizada nos assistentes de voz do Android 4.1, do Google, S-Voice, da Samsung, e no Siri, da Apple, que oferece recurso de reconhecimento de voz para smartphones e tablets. A tecnologia refere-se ao recurso que permite aos usuários encontrarem informações sobre assuntos variados, como o clima, localização e conhecimentos gerais, por exemplo, por meio de comandos de voz. O usuário pergunta ao dispositivo e sua voz transmitida para um processador de dados, que é convertido em texto e interpretado pelo aparelho.

“A ATC acredita que esses procedimentos claramente infringem a patente e aqueles que utilizam a tecnologia devem licenciá-la, pagar royalties ou interromper o uso da tecnologia. Se os royalties não puderem ser pagos por meio de uma negociação, a ATC irá iniciar um processo em busca de ressarcimento contra aqueles que quebram nossa patente”, disse a companhia, em nota enviada ao blog de tecnologia TechCrunch.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.