Produção eletroeletrônica tem terceira alta mensal consecutiva em julho

Foto: Pixabay

A produção da indústria eletroeletrônica teve sua terceira alta mensal consecutiva em julho, quando cresceu 12,9% em relação ao mês de junho. As informações são de dados do IBGE agregados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) e divulgados nesta quinta-feira, 3.

Segundo a entidade, com o resultado em julho a cadeia retornou aos níveis de produção do início do ano – ou antes do impacto gerado pela pandemia de covid-19. Já o resultado no acumulado de 2020 ainda aponta para queda de 11,2% na produção. A retração é mais acentuada na área eletrônica (-12%) do que na elétrica (10,4%).

Por sua vez, na comparação de julho de 2020 com o mesmo mês de 2019, houve um incremento na atividade. A área eletrônica cresceu a produção em 9,1% e a elétrica, em 7,2%. No consolidado, houve salto de 8,1%.

Entre os produtos que registraram crescimento neste período de um ano estão justamente os equipamentos de comunicação, cuja produção aumentou 22,7% no intervalo. Já no acumulado de 2020 a vertical teve queda de 13,5%, parcialmente compensada por alta de 10,5% na comparação de julho com junho.

"Pior já passou"

De maneira geral, a Abinee avalia que "os resultados mais favoráveis verificados nos últimos três meses sugerem que o pior já passou" para a cadeia. "Assim sendo, acredita-se que abril foi o mês que sofreu os maiores impactos da pandemia. Porém permanecem as incertezas quanto à evolução do coronavírus, o que leva a um ambiente de cautela", observou a entidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.