Mercado de telefonia fixa continua a cair em julho

Foto: pixabay.com

A telefonia fixa voltou a cair em julho, conforme dados divulgados pela Anatel nesta terça, 3. Com um total de 35,45 milhões de contratos, o mercado mostrou uma redução de 0,66% (menos 233,89 mil linhas) em relação a junho, e de 7,94% (3,06 milhões desconexões) comparado com julho de 2018.

As concessionárias totalizaram 19,61 milhões de acessos, queda de 0,87% (172,17 mil desconexões) no mês e de 9,73% (2,11 milhões) no ano. A Oi totalizou 10,92 milhões de linhas, seguida por Vivo, com 7,82 milhões. 

Entre as autorizadas, foram 15,84 milhões de contratos em julho. A queda foi menor do que as registradas nas concessões: de 0,39% no mês (redução de 61,72 mil linhas) e de 5,63% no ano (menos 944,7 mil acessos). A Claro é a operadora autorizada com mais contratos: 10,2 milhões, seguida de Vivo com 3,80 milhões; e TIM, com 1 milhão. 

Ainda entre as autorizadas, a Anatel nota que a TIM única empresa a mostrar crescimento em julho (de 1,58% no mês e de 23,70% no ano), totalizando 214,99 mil acessos. Por outro lado, as prestadoras de pequeno porte mostraram-se estáveis no ano (variação de 0,10%, mas apenas 451 acessos a mais), mas em queda no comparativo mensal (0,40%, ou 960 desconexões), totalizando 472,89 mil linhas. (Com assessoria de imprensa)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.