Publicidade
Início Teletime Samsung aposta em realidade virtual e tela curvada

Samsung aposta em realidade virtual e tela curvada

A Samsung mostrou nesta quarta-feira, 3, durante apresentação na feira IFA 2014, em Berlim, na Alemanha, suas maiores apostas para ofuscar a Apple uma semana antes do evento que deverá mostrar ao mundo o iPhone 6. A sul-coreana colocou suas cartas na mesa com um smartphone com tela curvada que "cai" para a lateral do aparelho, um óculos de realidade virtual (VR) e seu primeiro relógio inteligente que funciona sem precisar de um smartphone.

Notícias relacionadas
A maior aposta da Samsung é o Gear VR, um óculos de VR que concorrerá com o Oculus Rift (agora do Facebook), Project Morpheus da Sony e o Cardboard do Google. A diferença é que o acessório da sul-coreana deverá usar como hardware o phablet Galaxy Note 4 (e somente esse modelo, por enquanto), também anunciado na mesma ocasião. O dispositivo é justamente a tela que se encaixa no suporte – ou seja, ele atua como as "lentes" dos óculos.

O software por trás disso é do Oculus, do Facebook/Rift. O hardware é da Samsung, já que utiliza o Note 4 e mais os sensores (acelerômetro e giroscópio) no suporte. Não há, contudo, um sensor de profundidade, ao contrário dos outros óculos de realidade virtual. O acessório tem 198 x 116 x 90 mm e usa os falantes do próprio phablet, mas o Gear VR "distribui" o áudio para cada ouvido utilizando um esquema de som em três dimensões para maior imersão. A câmera do Note 4 é adotada para aplicações de realidade aumentada, além de permitir a visualização do que acontece em volta sem precisar retirar todo o equipamento da cabeça.

A Samsung promete o Gear VR para este ano, que, apesar de vago, significa que ele sairá antes do lançamento previsto dos seus concorrentes. No entanto, preço e regiões de disponibilidade não foram divulgados.

Phablets

O Galaxy Note Edge é um phablet com tela de 5,6 polegadas e resolução Quad HD+. O sinal positivo se refere justamente à coluna extra com 160 pixels na lateral do aparelho, onde agrega ícones a mais que servem como atalhos (dinâmicos, de acordo com o aplicativo) para fácil acesso. É como uma "sangria" da tela, que se integra de maneira fluida com o restante do display – isso se o usuário for destro, já que a posição no canto direito não permite uso da mesma forma para canhotos com o Edge de cabeça para baixo (sem contar que o botão home passa a ficar no alto). A Samsung afirma que um kit para desenvolvimento de aplicativos e widgets para a tela dobrada deverá ser disponibilizado em breve.

Já o Galaxy Note 4 é quase o mesmo aparelho que o Edge, mas com a tela tradicional (e com 5,7 polegadas) Super AMOLED de resolução Quad HD (2.560 x 1.440 pixels), além de ser o único com compatibilidade com o óculos Gear VR. A câmera é de 16 megapixels (com lente frontal de 3,7 megapixels), RAM de 3 GB e a bateria conta com 3.220 mAh de capacidade. O processador depende do mercado. Na Coreia do Sul, o Note 4 terá um octa-core Exynos 5433, dividido quad-core com 1,9 GHz para tarefas pesadas e outro processador quad-core, mas com 1,3 GHz, para o trivial. O resto do mundo ficará com o quad-core Snapdragon 805 da Qualcomm com 2,7 GHz que será acompanhado do processador gráfico (GPU) Adreno 420 de 600 MHz.

Mais um relógio

O sexto relógio inteligente (smartwatch) apresentado pela Samsung em um ano é o Gear S, que tem como grande novidade a autonomia: ele pode ser equipado com um chip nanoSIM e funciona sem precisar estar conectado a um smartphone. Dessa forma, ele pode realizar chamadas e ter conectividade com a rede móvel.

Para lidar com tarefas sem precisar de ajuda de outro aparelho, o novo dispositivo vestível da sul-coreana acabou com uma tela maior, de 2 polegadas, super AMOLED. O sistema operacional é o Tinzen OS, assim como o Galaxy Gear, Gear 2 e Gear 2 Neo. A Samsung ainda colocou um sensor para registrar batimentos cardíacos. Preço e disponibilidade não foram revelados.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile