Abra: switch off antecipado depende de uma política do governo

A Associação Brasileira de Radiodifusores (Abra) aguarda posição do governo sobre qual política será adotada para o desligamento (switch off) do sistema de TV analógico, previsto para 2016. “Que não dá para fazer o switch off em todos os lugares em 2016 todo mundo já sabe, mas antecipar o desligamento em algumas áreas vai depender do que o governo vai adotar como política para isto”, afirmou Frederico Nogueira, vice-presidente da entidade, em entrevista a este noticiário.

Segundo ele, embora as emissoras já transmitam em sistema digital nos grandes centros, a quantidade de pessoas com receptores adequados a captar o sinal digitalizado é muito pequena. “Principalmente nos bairros pobres, como convencer a pessoa de que ela deve investir num receptor ou numa televisão nova?”, indaga Nogueira. “Precisamos definir como será isso e o que será feito. Se governo vai estimular uma queda de preços destes aparelhos, se vai dar de graça. Essa transição depende muito da política que será implantada”.

Em agosto, ainda na primeira quinzena, representantes das radiodifusoras estiveram reunidos com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, para debater o tema. Segundo o vice-presidente da Abra, ficou acertado que em setembro seria apresentada uma ideia do que pode ser feito para acelerar a adoção do sistema de TV digital e a elaboração de um estudo para avaliar essa possibilidade em algumas cidades.

Evento

Outro grave problema para os radiodifusores é como é que funcionará a digitalização dos sinais no satélite, já que hoje cerca de 20 milhões de domicílios recebem o sinal de TV pela banda C. O assunto será discutido no Congresso Latinoamericano de Satélites, organizado pela Converge Comunicações nos dias 13 e 14 de setembro, no Rio. Quem falará sobre o assunto é o diretor de engenhareia da TV Globo, Fernando Bittencourt. Mais informações sobre o evento estão disponíveis pelo site www.teletime.com.br/eventos ou pelo telefone 0800 7715 028.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.