Novo cabo submarino liga EUA ao Equador

Com objetivo de ligar os Estados Unidos à Américas Central e do Sul, o Sistema de Cabo Pacífico Caribenho (PCCS) foi concluído e começou a operar, segundo informou nesta segunda, 3, a Alcatel-Lucent Submarine Networks (ASN), braço de cabos submarinos da fornecedora francesa. O PCCS tem 6 mil km de cabos e é um consórcio de operadoras formado pela Cable & Wireless, Setar, Telconet, Telefónica Global Solutions e United Telecommunication Services (UTS).

Segundo a ASN, o cabo submarino tem tecnologia multicanal de 100 Gbps e capacidade total de 80 Tbps para aumentar a conectividade e disponibilidade de serviços de banda larga na região, além de reforçar atendimento à demanda de conteúdos online, como serviços de turismo, cobertura esportiva e televisão digital. O cabo ligará Flórida ao Equador, conectando ainda as ilhas de Tortola, Porto Rico, Aruba e Curaçao, bem como Cartegena (Colômbia) e as cidades panamenhas de Maria Chiquita e Balboa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.