HTV, Kodi Box e afins: nova ameaça à TV paga, agora via caixas conectadas

As operadoras e programadoras de TV paga no Brasil estão enfrentando um novo desafio em relação à pirataria. O problema, que até há alguns anos se restringia ao chamado AZ Box e similares, agora ganhou contornos muito mais graves. O inimigo da vez é uma caixa conectada chamada HTV, derivada de uma plataforma já existente há muito anos chamada Kodi Box. Trata-se de uma caixa com software Android feita para funcionar como tantas outras caixas conectadas, como Apple TV, Chromecast e Roku. Só que com uma grande rede clandestina de distribuição ilegal de conteúdo.

A diferença é que a HTV parece ser uma caixa projetada desde o começo para funcionar como uma plataforma de distribuição, utilizando apenas a Internet, de conteúdos obtidos de maneira ilegal. No Brasil, segundo levantamento preliminar feito pelas operadoras e programadores, já existem cerca de 100 IPs abastecendo o serviço com programação de TV por assinatura brasileira, em alguns casos até mesmo com CDNs (servidores de distribuição de conteúdo de vídeo) instaladas. A qualidade da imagem ainda é inferior aos serviços tipo AZ Box, que reinavam até o ano passado mas acabaram perdendo espaço depois que as empresas de tecnologia de TV paga foram capazes de contornar o problema do compartilhamento da chave que permitia a quebra do acesso condicional do sistema.

A estimativa de quem acompanha a evolução dessa nova plataforma de distribuição pirata de TV paga é que em breve o problema já será maior que as caixas tipo AZ Box, e  um executivo de uma grande operadora declarou a este noticiário que este é potencialmente a maior ameaça já enfrentada pela indústria . Ainda que a qualidade de imagem ainda seja inferior, há até mesmo serviços mais avançados, como catch-up (recuperação de programação já exibida) está sendo ofertados em alguns conteúdos, e um software muito mais desenvolvido para controlar o streaming de dados.

A Sandvine, empresa de consultoria, aponta que na Europa esse é um dos principais problemas de perda de receitas das operadoras. O alerta foi dado no mês passado em um evento internacional sobre fraude da WeDo.

É bom lembrar que as plataformas derivadas do Kodi Box, como a HTV (variante mais comum no Brasil) funcionam de forma absolutamente ilícita uma vez que o conteúdo é distribuído sem nenhuma remuneração aos detentores de direito e sem respeitar os contratos de distribuição e a remuneração da cadeia de valor da TV paga, de produtores de conteúdo ao prestador de serviços. No Reino Unido, todas as plataformas derivadas da Kodi Box foram proibidas por serem utilizadas para a distribuição pirata de conteúdos. No Brasil, as caixas chegaram a ser vendidas em sites de grandes cadeias de comércio eletrônico, mas hoje estão restritas à venda por sites internacionais e vendedores de eletrônicos contrabandeados. Os preços variam entre R$ 800 e R$ 1 mil a depender do modelo.

Para evitar o crescimento do problema, um trabalho intenso de conscientização e esclarecimento das autoridades brasileiras já está em curso, envolvendo as entidades representativas nacionais e internacionais de operadores e programadores, como ABTA, TAP e MPA. Também varejistas e plataformas de comércio eletrônico estão sendo orientados quanto à clandestinidade do serviço. As caixas tipo HTV não são certificadas pela Anatel e, portanto, não podem ser comercializadas no Brasil. Além disso, o conteúdo disponível é clandestino, caracterizado como furto de sinal. O levantamento internacional já feito mostra que as caixas são desenvolvidas com suporte de software provavelmente russo, engenharia eletrônica coreana e montagem e distribuição chinesas, e o crescimento da plataforma está possivelmente associada aos danos causados ao modelo AZ Box especialmente no ano passado. As caixas AZ Box, vale lembrar, tinha seu conteúdo extraído de maneira ilegal das plataformas de DTH (TV paga via satélite) e cabo, ao contrário da HTV, que depende de usuários que encodam (digitalizam) os sinais e "colaboram" com a rede clandestina. A expectativa é que os responsáveis pela caixa HTV passem a cobrar uma assinatura em breve pelo serviço, o que configuraria ainda um novo tipo de crime.

Um problema que tem se mostrado especialmente desafiador no Brasil é como combater esse tipo de crime tendo as restrições do Marco Civil, que limita substancialmente a inspeção profunda dos pacotes de dados trafegados na rede e o bloqueio dos servidores utilizados para a prática ilegal. Também há muita dificuldade de separar o que é a liberdade de conexão de dispositivos  à rede, garantida aos usuários de banda larga, com o uso dos mesmos dispositivos de maneira fraudulenta.

50 COMENTÁRIOS

  1. Prestem atenção: uns seis meses de ações incontidas desses softwares/hardwares bandidos podem levar o mercado da NET e similares à ruína; não importa o quanto elas custem em termos de litigação deveriam, de antemão e o quanto antes, ser atacadas legalmente. Não percam tempo porque vai acontecer, questão de exatamente quando no futuro próximo, para isso basta prestar atenção ao mercado internacional já poluído com semelhantes objetos.

  2. Samuel, seja isento e pesquise melhor, pois disse um monte de bobagens: tais como "HTV parece ser uma caixa projetada desde o começo para funcionar como uma plataforma de distribuição", e esta errado, pois são um projeto antigo da indústria de informática: o computador mais simples e barato e acessível a todos. Você coloca o programa que quiser como por exemplo o "kodi", ou seja é a mesma coisa que acusar um fabricante de notebooks pelos crimes feitos com o aparelho dele. 2- "já existem cerca de 100 IPs abastecendo o serviço com programação de TV por assinatura brasileira, em alguns casos até mesmo com CDNs (servidores de distribuição de conteúdo de vídeo) instaladas", se são ilegais porque não foram denunciados? A verdade é simples: não sabem quais são, sendo que estes listados são os legais. 3 – "A qualidade da imagem ainda é inferior aos serviços tipo AZ Box", mentira e talvez você nunca tem visto um em funcionamento. 4- "serviços tipo AZ Box, que reinavam até o ano passado mas acabaram perdendo espaço depois que as empresas de tecnologia de TV paga foram capazes de contornar o problema do compartilhamento da chave que permitia a quebra do acesso condicional do sistema", que mentira, nunca conseguiram contornar o problema, pois ele continua existindo e forte e bastava que você tivesse pesquisado para ver que isto continua ocorrendo. 5 – "HTV (variante mais comum no Brasil", errado, com pesquisa saberia que o Kodi é o programa mais utilizado, os mini pcs são de diversos fabricantes, inclusive nos EUA são febre e livremente vendidos em lojas de departamentos. 6- " No Reino Unido, todas as plataformas derivadas da Kodi Box foram proibidas por serem utilizadas para a distribuição pirata de conteúdos", errado, kodi não é a caixa (PC) e sim o software que tem n variações o que torna impossível o seu bloqueio, além do que lá se pune o delito e não a posse da "arma". 7- "No Brasil, as caixas chegaram a ser vendidas em sites de grandes cadeias de comércio eletrônico, mas hoje estão restritas à venda por sites internacionais e vendedores de eletrônicos contrabandeados", errado continua a ser vendido normalmente (pesquise por favor) em redes (legais) de comercio eletrônico (importados legalmente). 8 – "Os preços variam entre R$ 800 e R$ 1 mil a depender do modelo", este preço é o das grandes redes, nos "contrabandistas" se encontra já por R$ 100,00, sendo o preço médio R$ 150,00 e em promoção R$ 89.00. 9 "As caixas tipo HTV não são certificadas pela Anatel", Pcs, certificados pela ANATEl? Menos "Batista". 10 – "O levantamento internacional já feito mostra que as caixas são desenvolvidas com suporte de software provavelmente russo, engenharia eletrônica coreana e montagem e distribuição chinesas", com encomenda de respeitaveis fabricantes americanos, que alias, encomendam a montagem e projeto de tudo em outros paises, culpa deste mundo globalizado. 11 – "Um problema que tem se mostrado especialmente desafiador no Brasil é como combater esse tipo de crime tendo as restrições do Marco Civil", agora eu entendi, mais fácil do que baixar preços, diminuir o lucro e aumentar a concorrÊncia é alterar o marco civil e deixar as grandes corporações dominarem a internet, ditando as regras, eliminando a privacidade para xeretarem onde bem entender, de forma a obterem dados valiosos para os seus "negócios".
    Não sou a favor da pirataria, mas não coaduno com as mentiras destas empresas que não fazem nada de efetivo para reduzir ou eliminar a mesma, sabem é divulgar factoides para mostrar que estão trabalhando, quando na verdade o que buscam é lucro exorbitante e monopolio, ou seja, ganhar sem fazer muita força. Se alguém dúvida do que eu disse, pesquise e não se atenha só aos dados oficiais, de-se a liberdade de pensar e não engula tudo o que te dizem como verdade.

    • Prezado Luiz, obrigado pelas suas observações. Farei a verificaçÃo de todos os pontos. Você pode me dizer, considerando o seu conhecimento no assunto, de que maneira a distribuição dos conteúdos pela caixa HTV e similares remunera a cadeia de valor da TV paga (autores, roteiristas, produtores de conteúdo, atores, equipes técnicas, atletas, equipes de marketing, comercialização, instalação, manutenção, fabricantes de equipamentos etc)? Ou o conteúdo distribuído é de compartilhamento livre? Nesse caso, quem paga a conta?

      • Olha, não quero entrar em detalhes, mas o erro principal é essa frase "HTV parece ser uma caixa projetada desde o começo para funcionar como uma plataforma de distribuição…"

        Isso realmente não faz sentido, até porque se você analisar um dos equipamentos atuais mais utilizados como htv é o Raspberry Pi, que inclusive está ganhando apoio da Microsoft.

        Como praticamente todos os projetos de aplicativos e hardware são na verdade deturpados pelos usuários e os campeões disso são os brasileiros e os russos.

        Portanto é totalmente errado dizer que o objectivo dos mini PCs é distribuição pirata.

        O Kodi foi concebido como gerenciador de média DRM Free
        Originalmente é identico a um Windows media player (que inclusive a Microsoft copio no tal do Windows Media Center no Vista)

      • Opa Samuca tudo bem cara? Não possuo htv ou outroa parelho, mas gostaria de criar outra pauta de sua pergunta, você perguntou: de que maneira é remunerado a cadeia de conteúdo? (Autores, produtores etc.)

        – bom um canal de TV não ganha sobre a mensalidade paga pelos usuários da net, claro dentre outras(como você colocou roteiristas, equipe tecnica da TV etc), seus salários vem das publicidades que são veiculadas no canal, se tiver um conteúdo bacana mas publicidade irão irão faturar etc. acho que respondi uma parte da sua pergunta.

        A outra é sobre compartilhamento de é livre ou não. Bom existe uma lei que proíbe o conteúdo distribuído por iptv (streaming de TV como TV a cabo). Então não, o conteúdo não é livre. Mas não sejamos ingênuos, essa lei existe bem possivelmente foi "criada"pelas operadoras prevendo forte concorrência (como vemos com o htv e outros player do mercado que poderão vir a existir).

        É por último vc pergunta, quem paga a conta?
        A conta quem paga é nós, que no final das contas podemos ver mais canais consequentemente vemos mais anúncios, quando passa aquela propaganda de carro, restaurante, do Omo, etc, vou lá e compro no supermercado etc… girando o negócio do canal de TV a cabo, deixando feliz o anunciante (que teve maior público assistindo) e voltou a anunciar naquele canal da TV que pagou os salários de todo mundo que vc citou no seu comentário acima. Rs

        Agora e a net é claro etc?! As operadoras? Onde ficam? Ora elas são operadoras do sinal apenas, temos no mercado apenas 4 nacionais (salvo engano). A instalação do equipamento deve ser tão simples que deve ser ligar na tomado e no cabo de rede dispensando totalmente um "técnico" das operadoras, elas provendo o sinal da internet pelo visto é suficiente, tendo aval do ministério das comunicações para novas operadoras o mercado se abre e torna-se competitivo (melhor para nós). E tenho certeza que os canais de TV a cabo irao liberar o sinal para todas operadoras que baterem na porta, já que maior abrangência de públicos, tornará mais atrativos para os anunciantes.

        Samuca só trouxe essas respostas para enriquecer o conteúdo é criar um novo debate, como seria se tivessesmos novas operadoras no mercado via internet de forma legal perante as leis?

        Abraços parabéns pelo artigo é o site!

        • Olá, njaloto.

          interessante os pontos para novo debate… permita-me acrescentar algo.

          1ºSim, os provedores de conteúdo ganham em cima da base de assinante, reveja esse ponto.
          2ºDuvida – Poderia compartilhar a LEI citada?
          3°Vc diz:"A instalação do equipamento deve ser tão simples que deve ser ligar na tomado e no cabo de rede dispensando totalmente um "técnico" das operadoras". – Desculpa-me…mas isso é totalmente errôneo. O tal sinal que vc menciona não é somente ligar o cabo na tomada e rede, existe uma ciência por trás e isso pode ser visto na diferenciação na qualidade dos serviços oferecido entre provedores de acesso. Para esse sinal chegar ao usuário, muitos parâmetros devem ser estudados, cito: Largura de banda, QoS, SNR e outros. Esses termos técnicos são estudados e analisados por PROFISSIONAIS, e se a instalação não for com certificação, dificilmente alcançará uma qualidade no serviço.

          4º Concordo com vc. O cenário que se desenha é para as operadoras se transformarem de vez em provedores de acesso…somente ganhando "no trazer o usuário para a rede".

      • Boa Noite!
        Penso o seguinte,tudo que foi dito pelo Luiz Carlos é verdade.
        O HTV é o melhor sistema de TV e afins já fabricado! Único que roda imagem em H265 (top da resolução).
        Tenho um provedor de internet legalizado e sinto na pela a dificuldade de concorrer com grande operadoras por falta de política de crédito para pequenos provedores, agora estou entrando de forma legal no mercado de TV paga, vocês não tem noção do valor absurdo que as operadoras de canais como Globosat, HBO e outras cobram por seus pacotes. Isso só leva o mercado a clandestinidade, se compro caro, revendo caro. Então vem um fulano qualquer com um conhecimento e faz um servidor de streaming e vende esse pacote por multicast bem barato ou de graça no box TV.
        Simples o combate de tudo isso:
        Governo tira impostos, operadores abaixam os custos e todos revendem com baixo custo.
        Reduz a pirataria em 90%

      • Eu não tenho tvbox, mas uso kodi no xbox one, os canais da tv paga devem estar lucrando muito mais com comercial pois as TVbox aumenta a audiência! Tem lista paga no kodi por 15reais ao mês;

        O Netflix esta ai para provar que o brasileiro quer pagar um preço justo, ninguém é a favor da piratária, mas uma tvbox se paga sozinha em 3 meses!

      • Se aquele projeto de lei de, se não em engano, 2009, que determinava que as empresas dessem a possibilidade dos consumidores escolherem por quais canais iriam pagar, esse tipo de tecnologia pirata jamais iria vingar aqui no BR.

  3. Engraçado, o governo rouba o povo na cara dura, cobra impostos abusivos e massacra a população, quando o povo consegue deixar de pagar por algo é crime, o pais que vivemos é corrupto e os governantes se preocupam apenas com sim mesmo.

  4. eu acho q tem q haver mesmo alternativas essas peradoras fazendo oq bem quer e todas operadoras estrageiras mandando fazendo oq bem quer junto com esses politicos ladrãos porque eles não procura fazer um servico melhor com um preço pra todos alem de ser cara quando o equipamento deles da deifeito agente liga pra eles eles manda um tecnico e ainda cobra pelo serviço de manutenção o qual deveria ser gratis ja q eles e prestador de serviço e cobra pelo serviço o equipamento edeles e agente q paga pela manutenção eu paguei sky mais de 5 anos toda vez q precisava de ajuda eles cobrava pela manutenção sendo q eu ja pagava uma mensalidade pra te o serviço 100% fucionando

  5. Se tivesse valor acessível garanto que todos não exitariam em pagar mas é um absurdo oque cobram um pacote com todos os filmes e primeiro custa trezentos e poucos reais o negócio é apelar pra sistema alternativo se você uns 80.00 te garanto que ninguém comprava este aparelho pirata estão deixando de ganhar por causa da ganância da TV fechada tem que se lascar mesmo

  6. O problema é que como já foi dito…mensalidades absurdas pra ter o mínimo de entretenimento…e esse mercado de TV por internet só irá crescer…ou as operadoras baixem os valores dos pacotes em 70% ou irão literalmente quebrar…e consequentemente cobrar um absurdo por sinal de internet como contra ataque à esses tipos de serviço por streaming…Ja estão sofrendo com a TV digital liberada…

    • Deixa eu me intrometer… alem do custo, temos que aguentar a repetição de séries já encerradas alem dos filmes e programas que foram ao ar anos atras…é dose

      • "Você ja procurou alguma vez hotel pela internet?" kkkk…. pois é… ja assisti batman begins 3 vezes no mesmo dia em um único canal. as operadoras são ganaciosas e resolveriam o problema de forma facil deixando dividir as assinaturas. Porque não posso pagar um pacote full e ter uma antena na minha casa outra na casa da minha mae e outra na minha irma? se estou pagando me deixa espalhar os aparelhos oras!

  7. entendo tudo que todos responderam ate o momento. Mas ate onde vi existe um site oficial da htv e também são cobradas anuidades para ter o serviço na melhor qualidade. Então, penso que se trata de um serviço legal . Pois então o youtube também seria um app ilegal porque também tem serviço de stream assim com outros tantos. Ao meu ver so e um serviço mais barato ou uma nova tendencia ou tecnologia que esta sendo conhecida por todos. pois como alguém disse anteriormente esse tipo de serviço já existe a algum tempo.

    • Leandro, apenas para lembrar que o fato de alguém vender algo ou cobrar por um serviço não significa que o serviço prestado seja legal. Se não houver autorização dos detentores dos direitos sobre o conteúdo para a distribuição naquela plataforma, a venda é ilegal do mesmo modo.

      • Quero , expor outro ponto de vista e colocar lenha na fogueira . Taxistas X Uber . O Uber é ilegal? Os impostos pagos pelos taxistas são algo que suplanta a isenção que os mesmos têm. Pirataria é crime sim , mas serviço de streaming é ?

  8. Bom, tenho o aparelho, e como ja foi dito anteriormente, quanto mais canais a pessoa assiste, mais publicidade a pessoa verá, e consequentemente, mais produtos de anunciantes ela irá adquirir, pensem mais por esse lado, o que nao dá é pagar mais de 300 reais por um pacote de tv, isso sim é roubo, se voces tem condicao de pagar, que continuem pagando, eu continuarei vendo tv por assinatura de maneira alternativa, tv alternativa é o futuro! e tem mais, tive que aumentar meu pacote de internet, e com isso, a operadora tbm lucra, tenho certeza que a maioria das pessoas tiveram que aumenta suas velocidades…. todos estao ganhando de certa forma.

  9. Avatar Li, e achei tudo esclarecedor, concordo com todos, em especial que as operadoras poderiam ser menos gananciosas.

    Ganhem mais com mais assinantes.

    • Concordo. Utilizo serviços das empresas de tecnologia mais ricas do mundo e não pago nada pelos serviços que disponibilizam: GOOGLE, FACEBOOK, LINKEDIN, WHATSAPP etc.

  10. Tornar um produto ou serviço mais acessível com certeza diminui e muito a pirataria. No caso específico da TV por assinatura, creio que as operadoras poderiam ganhar no volume de clientes. Neste caso, flexibilizar mais os pacotes, oferecendo uma variedade maior. Hoje vc assina 60 canais no pacote básico e assiste com frequência somente uns 5 canais.

    Pacotes menores e mais canais a la carte a bons preços!!! Tenho certeza que desta maneira as operadoras teriam muito mais clientes.

    Eles falam em flexibilizar as leis, mas quando é que vão flexibilizar os serviços??

  11. Eu entendo que é ruime e errado não pagar os direitos de imagem dos canais fechados utilizando esses serviços de IPTV clandestinos , mas ao mesmo tempo eu fico revoltado de pagar tão caro por um serviço lixo que é o das tv por assinatura no geral (principalmente NET e Sky) , a qualidade dos aparelhos é baixa, o atendimento pior , parece que não ha concorrencia entre essas empresas , e quem sai prejudicado é o consumidor , ter um serviço de streming como o da HDTv Box , mesmo que pirata , pelo menos força as empresas legalizadas a tirarem a bunda do sofá e oferecer um serviço de melhor qualidade para não perderem clientes , porque do jeito que tá não dá pra aceitar.

  12. Quem for contra e falar que IPTV é crime pergunto se todos os mp3's que tem em seus dispositivos foram baixados legalmente, pagando artistas, compositores, produtores. Claro que não! IPTV é a mesma coisa. Acabou o farra da SKY, net, oi, claro, gvt,, essas porcarias de serviços horrorosos e caros! O preço da tv por assinatura no Brasil é absurda. E a qualidade? Um pacote decente na SKY não sai por menos de 150 reais e isso com poucos canais em HD… Seja revolucionário, nesse caso devemos pregar a desobediência civil. Operadoras tem que baixar seus pacotes, melhorar o serviço e pedir desculpas por décadas de roubo dos clientes!!

  13. Paguei tv por 5 anos e meu senti vítima de fraude. Paguei por canais que não queria.Tive que pagar mais para ter canais que queria em um outro pacote.Não me senti um cliente mas alguém implorando por atendimento que classifico como péssimo.Por isso hoje assisto netflix, Youtube e a nossa tv aberta, aliás quem paga a tv aberta que produz conteúdo? Além da publicidade também tem os patrocínios, os filmes Já passaram pelas bilheterias dos cinemas e os roteiristas, produtores já receberam.

  14. Não sou favor da pirataria, entretanto vivemos em um país, onde o acesso a alguns serviços pagos são exorbitantemente caros! Prova disso é a nossa internet que não oferece o que promete! Nesse caso, sim! Sou a favor de adquirirmos certos serviços de forma clandestina, desde que isso, claro, não prejudique pessoas frágeis, eu disse frágeis. Quanto aos empresários? Sinceramente? Tô cagando para eles!

  15. Opa! Gostei do que disseram doaparelho htv onde compro? Não concordo com o autor, se fosse crime estaria na Lei. Além do mais, como muito bem disse o comentário magnífico de Luiz Carlos njalto, quem paga as produtoras e cadeias relacionadas somos nós espectadores de publicidade. Se as operadoras abaixarem o preço é diminuísse o lucro abusivo não precisaríamos desses aparelhos que, aliás, vou comprar um.

    • kkkkkkkkkk…..melhor cometário Ecs…..kkkkk…tmb vou…só fico temerosa com a questão da segurança pois dizem que vc pode ser hakeado…ou tmb é mito, e que a operadora do wifi pode me bloquear ou tmb é mito??? vou pesquisar esta caixinha dos milagre de imagem….kkk…minha operadora de tv esta me sacrificando….vc paga ou vc paga….não há conversa mesmo qque seja erro deles….vc não pede mas eles mudam sua assinatura a rivelia…

  16. Uso o kodi e pago uma lista iptv comprada no mercado livre por cerca de 30,00 e assisto todos os canais de filmes e esportes . Se as tvs por assinatura colocassem um pacote de pelo menos três canais de filmes e uns três de esporte por um valor de 59,90 eu não iria usar a lista iptv …. você pagar 300,00 reais por um tv com canais decentes fica caro para uma população que ganha ganha na maioria um salário mínimo !!! A conta de luz tem tarifa baixa renda onde da desconto para pessoas sacrificadas… porque as emissoras de televisão náo toma vergonha na cara e coloca um plano de tv social? Infelizmente esses babacas que apoiam essas emissoras ,com certeza está cheio de dinheiro no banco e vivendo uma vida maravilhosa na desgraça do povo humilde…. Galera não paga esse absurdo que eles cobram!!!! assistam tvs alternativas …. kodi… perfect play..vlc etc….. compre sua lista !!! é baratinha e você renova quando quiser!!!!

  17. Eu penso que se as operadoras de tv por assinaturas nao fossem tão capitalistas a ponto de cobrar horrores, não estariam desse jeito. Tenho certeza de que faturariam um bom dinheiro suficiente pra cobrir todos os custos estando com valores bem acessiveis para todos… penso que seria melhor ganhar no volume do que nos valores altos cobrados. com certeza preferiria pagar o serviço original barato, do que o serviço pirata.

  18. Se o HTV fosse pirataria a Magazine Luiza não venderia.Aconselho a todos a comprarem,a tendência é que a tv paga acabe.Como acabou a locadora, futuramente a profissão dos carteiros e etc,devido a essa mudança de tecnologia que ajuda muito e tbm prejudica em alguns aspectos!

  19. Se as operadoras fornecessem um serviço decente, esse tipo de coisa não aconteceria. é uma palhaçada você ter que pagar um alto preço por um serviço de baixa qualidade e com poucas opções de consumo. Se as operadoras fizessem o contrário do que eu citei, criaria uma concorrência maior, o que seria benéfico para ambas as partes (operadoras, consumidores e anunciantes).

  20. Acabem com a pirataria diminuindo os valores cobrados. SKY,NET,OI,CLARO, VIVO, todas são caríssimas. Os altos preços é um convite para aderir à pirataria!

  21. Quem faz a pirataria crescer é a Vivo, Claro, OI, SKY, NET querem vender um pacote de 180 canais por trezentos reais. Isso é um abuso uma exploração. A Netflix você assiste mais de 1000 filmes com qualidade e com novos lançamentos por R$27,90 reais mensais. Eu uso HTV box 5 e se tirarem eu não pago TV assinatura nunca na minha vida. Fecha-se uma e abre-se 10 piratas. É o que o povo pode pagar em um país de governo corrupto e empresas exploradoras como SKY – VIVO – NET – OI – CLARO é a TV pirata contra o grupinho da ABTA.

  22. Penso o seguinte: é muito difícil julgar a maioria da população brasileira que não tem saúde educação e, principalmente, direito ao lazer mau tem teatro, cultura e esporte a única coisa que resta de diversão é a televisão e os preços estão muito elevados e fora da realidade da maioria da população brasileira. infelizmente, isso leva a você obter o sinal de forma diferenciada nem pagando alto você muitas vezes não consegue colocar mais de um ponto dentro de casa ou em casa de vizinho você tem que pagar um valor mais alto Ainda para compartilhar o sinal enfim se as operadoras não fossem tão gananciosos o problema teria sido resolvido e poucas pessoas comprariam aparelhos piratas

  23. JUSTO SERIO UM PREÇO POPULAR ONDE TODOS TERIAM EX:

    PCT MÉDIO TOP 340 REAIS 1000 ASSINANTES
    PCT MÉDIO POP TOP 50 REAIS 100000 DE ASSINANTES..

    O PROBLEMA DO BRASIL É QUE SÓ QUEREM ESFOLAR O POBRE , OU PRIVAR DE ALGUNS BENEFICIOS, QDO SE PODERIA IGUALAR O SERVIÇO A TODOS..

    MAS AI O RICO COMEÇARIA A DEIXAR UM POUCO A POMPA DE (EU POSSO TER)..
    DEVIDO A ISSO O MERCADO ILEGAL SÓ CRESCE…
    PERGUNTO JUSTO SÓ RICO VER FUTEBOL NO PREMIER ,SENDO QUE TODOS PODERIAM TER ACESSO A PREÇOS JUSTOS.

  24. CONCORDO COM DOS DEPOIMENTOS DADO, A GANANCIA DAS OPERADORAS DEU BRECHA PARA O CAOS, SE FOSSE BARATO NINGUÉM IA CORRER ATRAS DESSES APARELHOS.

  25. isso eh verdade amigo …vc falou pouco mas falou pq as operadora sao carteis nao deixas os pequenos crescerem como quem nunca foram pequenos alguns dias…pq para serem grande hoje foram pequenos mas como a gananca deiceu pra o coracao ……

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.