Claro inaugura quatro usinas solares em Taubaté

A Claro e a empresa do setor de energia EDP comunicaram nesta quarta-feira, 3, a inauguração de quatro novas usinas solares de geração distribuída em Taubaté (SP), para uso pela operadora de telecom.

O empreendimento ocupa uma área de 5,8 hectares e tem capacidade instalada de mais de 4 megawatts-pico (MWp), que deve garantir fornecimento de energia renovável a 516 unidades consumidoras da Claro no estado de São Paulo. Juntas, as usinas vão gerar mais de 6.000 MWh/ano, ou o equivalente à energia consumida por 2,5 mil residências.

Notícias relacionadas

A dupla também estima que 454 toneladas de dióxido de carbono deixem de ser emitidas anualmente com o empreendimento, que será operado pela EDP. "Essa parceria reforça o compromisso da Claro com a inovação e com a sustentabilidade. Por isso a empresa investe em um programa próprio de energia renovável, que tem custo menor e reduz a produção de gases de efeito estufa", afirmou o diretor de infraestrutura da operadora, Hamilton Ricardo Pereira da Silva.

Lançado em 2017, o programa Energia da Claro prevê o uso de fontes renováveis para 80% do consumo da operadora até 2021, ou mais de 600.000 MWh/ano. A empresa já conta com usinas em 12 estados e tem novas instalações em fase final de implantação, inclusive em outras unidades federativas. Além da geração solar, energia hidrelétrica, eólica, via biogás ou cogeração qualificada também são utilizadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.