Publicidade
Início Teletime Nova lei do Fust pode ser votada na próxima semana

Nova lei do Fust pode ser votada na próxima semana

A versão final do projeto de lei 1.481/2007, que altera as regras de uso do Fust, deve ficar pronta ainda nesta semana. A previsão da Comissão Especial de Acesso à Redes Digitais, criada para analisar a proposta, é que o texto seja votado já na próxima semana, em reunião na terça-feira, 10 de junho.
O texto que circulou na tarde de hoje (3 de junho) entre os deputados traz poucas alterações em relação à minuta tornada pública na semana passada. A proposta possui pequenas adequações na redação, para deixar mais claras algumas regras novas, como a concessão gratuita de licenças a estados e municípios quando os governos apresentarem propostas de universalização da internet nas localidades.
A linha geral do texto continua sendo a obrigatoriedade de que todas as escolas públicas, inclusive em área rural, estejam conectadas com banda larga até 2013. Caberá ao Ministério das Comunicações definir quanto do Fust será desembolsado a cada ano para financiar os projetos, que poderão ser apresentados pelas empresas de telecomunicações, governos e entidades da sociedade civil.

Notícias relacionadas
Esta segunda versão não foi aberta ao público, por enquanto, porque o deputado-relator , Paulo Henrique Lustosa (PMDB/CE), está consultando os demais parlamentares da comissão se existe a necessidade de se incluir mais algum aspecto no texto que será colocado em votação. Este debate ocorreu nesta terça-feira à tarde, junto com os consultores da Câmara, em reunião fechada.
Apesar de o texto ter sido terminativo (com decisão final das comissões) em sua tramitação no Senado Federal, a proposta será levada à Plenário na Câmara dos Deputados. A decisão foi tomada pela Presidência da Casa. Assim, após a deliberação pela comissão especial, o texto ainda terá que ser votado pelo pleno, onde ainda podem ser feitas emendas pelos deputados, antes de voltar ao Senado Federal.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile