Publicidade
Início Teletime VOD nos dispositivos móveis ainda precisa ganhar escala

VOD nos dispositivos móveis ainda precisa ganhar escala

A monetização com o video on demand (VOD) foi tema de debate no MipTV, evento de conteúdo que acontece em Cannes, na França. Os painelistas foram unânimes em afirmar que o VOD ainda precisa ganhar escala nos devices móveis. “A expectativa do consumidor tem mudado muito. Ele quer começar a ver num device e terminar em outro”, diz Jeff Henry, CEO da FilmFlex, uma joint-venture entre a Sony Pictures Television e a Walt Disney Company que negocia conteúdos premium para os serviços de VOD. Para Ashley MacKenzie, criador e fundador da Base 79, do Reino Unido, os dispositivos móveis trazem muitas possibilidades, mas ainda precisam ganhar escala. “A escala ainda está na sala de estar”, observa.

Notícias relacionadas
Henry, da FilmFlex, acredita no crescimento do VOD e na busca de formas legais de consumo de vídeo. “Em alguns casos, o conteúdo chega ao VOD quando ainda está no cinema. O Netflix está matando o BitTorrent nos Estados Unidos”, diz. Ele apresentou dados da Screen Digest sobre o consumo dos modelos de VOD. O transacional corresponde a 63% das receitas, as assinaturas correspondem a 13% e o gratuito, a 24%.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile