Acionistas aprovam cisão do braço de TI da Algar Telecom

Em assembleia geral extraordinária realizada nesta segunda-feira, 2, acionistas da Algar Telecom aprovaram a cisão parcial da companhia, separando a Algar TI. Os acionistas da operadora mineira analisaram as considerações e justificativas e aprovaram a transação, que também implica na alteração do estatuto social da companhia para a redução do capital social. Também foi aprovada, sem ressalvas, a nomeação da Apsis Consultoria e Avaliações para elaborar o laudo de avaliação da parcela cindida.

Conforme aprovado pelos acionistas, o laudo da consultoria avaliou o patrimônio líquido investido na Algar TI na quantia de R$ 275,485 milhões, dividido em 492,074 milhões de ações ordinárias. A parcela cindida será justamente nesse valor total. Foi deliberado ainda a delegação de poderes à diretoria da Algar Telecom para, direta ou indiretamente (por meio de procuradores), tomar providências e assinar os documentos necessários para a formalização da operação.

Com isso, o capital social da Algar Telecom foi reduzido de R$ 1,090 bilhão para R$ 826,831 milhões – ou seja, uma redução de R$ 263,676 milhões. O novo total é dividido em 295,019 milhões de ações ordinárias. Da mesma forma, foi alterado também o estatuto social da companhia para refletir a alteração. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.