Feninfra pede ação contra empresas irregulares de serviços em telecom

A atuação de empresas com práticas irregulares na cadeia de serviços de infraestrutura de telecom tem preocupado entidades do setor, que já cobram uma ação mais incisiva da Anatel para regularização da atividade.

"Estão surgindo várias empresas de fundo de quintal, que não pagam impostos, empresas fantasmas, que não registram ou pagam salários pactuados nas normas coletivas e que certamente geram uma queda na qualidade dos serviços", afirmou ao TELETIME a presidente da Federação Nacional de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e Informática (Feninfra), Vivien Suruagy.

O movimento estaria intensificado nos últimos meses, na esteira da dinâmica do mercado de redes que, de maneira geral, tem recebido novos players (inclusive de fora do setor de telecom). Por isso, a Feninfra já teria solicitado à Anatel medidas sobre práticas irregulares. "Vamos ter que tomar uma medida para regularizar esse mercado", afirma Suruagy.

De acordo com a dirigente, o mercado clandestino de produtos furtados também estaria em alta por conta do cenário. "Houve um aumento muito grande de roubos de cabos e equipamentos. A informação que temos é que eles estão sendo utilizados por outras empresas". Um aumento no volume de furtos também foi identificado pela TelComp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.