BrT cai na Bolsa, apesar de anúncio de recompra de papéis

Apesar de uma sucessão de boas notícias, as ações da Brasil Telecom (BrT) caíram na bolsa nesta quarta-feira. O principal papel da operadora (BRTO4) perdeu 3,88%, fechando cotado a R$ 11,15, enquanto que a PN da holding (BRTP4) caiu 5,28%, cotada a R$ 17,05.
A principal notícia do dia foi a decisão do conselho de administração de recomprar 10% das ações preferenciais da companhia (18,1 bilhões de papéis) nos próximos três meses, o que será feito através da corretora do Unibanco. Isso representa alguma coisa como R$ 320 milhões, ou quase a metade do caixa da empresa no final de junho.
Na mesma ocasião, o conselho ainda deu a ?boa notícia? de finalização do acordo com a Telecom Italia, com a nomeação de Francisco Aurélio Sampaio Santiago para o cargo de diretor de rede, em substituição a Sergio Leo, que entregou sua carta de renúncia em 10 de setembro.

Notícias relacionadas
Fora isso, é sabido que a companhia está muito folgada em relação a seu endividamento. Enquanto a maioria das empresas do setor de telecomunicações carrega pesados compromissos em moeda estrangeira, a BrT tem uma dívida líquida de R$ 2,9 bilhões, 72% da qual expressa em reais. Da parcela dolarizada, cerca de 60% estava protegida com hedge cambial.
Victor Martins, analista do Banco Safra, justifica a queda dizendo que as ações da Brasil Telecom vinham registrando um desempenho acima da média. Em setembro, enquanto as perdas do Ibovespa foram de 16,94% e do Índice de Telecomunicações de ?12,85%, as quedas de BrT foram de 6,3% na operadora e de 4,79% na holding. No ano, BRTP4 está positivo em 3,27%.
Martins ainda acredita que a BrT deva andar mais devagar nas suas pretendidas aquisições (Intelig e Metrored, inclusive), porque as condições de mercado estão ficando ainda mais favoráveis para quem, como ela, tem caixa. Seu preço alvo para BRTP4 é de R$ 23,00, o que representa um potencial de alta superior a 30%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.