Nokia anuncia N97 Mini e dois novos modelos voltados para música

A Nokia quer ser vista como a líder também no segmento de smartphones. A mensagem ficou clara durante a abertura do evento Nokia World, nesta quarta-feira, 2, em Stuttgart, na Alemanha. Segundo Anssi Vanjoki, vice-presidente da companhia, a Nokia detém hoje 45% de market share nesse segmento: ou seja, sua participação em smartphones é maior do que quando considerado o mercado de celulares como um todo, no qual possui 39%. Especificamente na categoria de aparelhos com teclado Qwerty, onde enfrenta dura competição com a RIM, a Nokia está crescendo três vezes mais rápido que os concorrentes, afirmou o executivo.
Nos nos últimos dez meses foram comercializados 10 milhões de unidades do N97 e do 5800 Comes With Music. Metade disso foi vendida nos últimos três meses. O N97, aliás, se aproxima da marca de 2 milhões e unidades comercializadas. "O N97 está vendendo mais rápido que o N95 quando foi lançado", afirmou o CEO da Nokia, Olli-Pekka Kallasvuo.
Lançamentos

Notícias relacionadas
Na presença de jornalistas, desenvolvedores e executivos de operadoras do mundo inteiro, a Nokia aproveitou a oportunidade para anunciar seus próximos três smartphones, que chegarão às prateleiras ainda este ano: N97 Mini, X6 a X3. O N97 Mini é uma nova versão do N97, mas voltada para aplicativos de redes sociais, especialmente mesclando informações de localização, conceito que a fabricante batizou de SoLo (Social Location). O preço sugerido para o N97 Mini é de 450 euros.
O X6 e o X3 são novos modelos voltados para música. O X6 é visto como uma evolução do 5800, com mais memória: 32 Gb, o que era uma demanda dos consumidores, segundo Vanjoki. O X6 inclui o serviço "Nokia Comes With Music", que permite o download ilimitado de músicas. Seu preço sugerido é de 450 euros. O X3 é sua versão mais barata, com preço sugerido de 115 euros.
Booklet 3G
Durante o Nokia World, foram apresentados mais detalhes sobre o Nokia Booklet 3G, o primeiro netbook da fabricante finlandesa. Ele vem com Windows 7, processador Intel de 1,6 GHz e tem bateria que sustenta 12 horas de uso ininterrupto. Seu preço sugerido é de 575 euros.
No campo de internet tablets, a aposta está no N900, o primeiro do gênero que é também um celular e tem o sistema operacional Maemo. Seu preço sugerido é de 500 euros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.