Telemar poderá definir fornecedor ainda neste mês

A request for proposition (RFP) que a Telemar lançou em maio para contratar a expansão de sua rede, a fim de atender o plano geral de metas de universalização de 2005, ainda está em análise e o fornecedor poderá ser escolhido neste mês. A operadora recebeu nove propostas com soluções que incluem hardware, software, cabo e satélite, entre outras. Consta da RFP o elemento de controle, rede de acesso e elemento de acesso. A parte de interligação com o assinante não entra agora porque a operadora ainda não sabe quantos terminais conseguirá vender. Nesta nova fase do PGMU deverão ser incluídas 5,4 mil localidades, das quais 2,1 mil para atendimento individual de telefonia e 3,3 mil por meio coletivo, até dezembro de 2005.
Desde 2003, as equipes da operadora já visitaram 15,5 mil localidades em sua região para estabelecer quais se enquadram no PGMU e preparar toda a base de dados e croquis referente a cada área. Restam ainda mais de mil localidades para serem visitadas, disse Gable Gorgoni, da diretoria de obrigações contratuais e universalização da Telemar.

Notícias relacionadas
A operadora conta atualmente com 17,3 milhões de telefones fixos e 621 mil telefones públicos, enquanto o serviço via satélite abrange clientes de 351 localidades. Segundo Gorgoni, embora o atendimento via satélite seja flexível e rápido, o custo é alto, enquanto os locais que precisam da tecnologia são pobres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.