Inmarsat conclui primeiro satélite para rede híbrida com LTE

Satélite banda S Inmarsat EAS Europa Thales Alenia

A operadora de satélites Inmarsat anunciou nesta terça-feira, 2, a conclusão da construção e primeiros testes de subsistemas do primeiro satélite da rede de conexão híbrida com LTE European Aviaton Network (EAN). O equipamento, que foi construído pela Thales Alenia na França em dois anos, dentro do prazo esperado, terá capacidade de banda S de 30 MHz (duas portadoras de 15 MHz). A próxima etapa agora é de testes do sistema ponta a ponta, com simulação do ambiente espacial em câmara térmica a vácuo e sem pressão, além de exposição a temperaturas extremas e avaliações mecânicas e acústicas na simulação do ambiente de decolagem. Uma vez concluída essa fase, em 2017, o satélite estará pronto para o lançamento pela SpaceX em Cabo Canaveral, na Flórida.

O satélite cobrirá 20 estados-membros da União Europeia, além de Noruega e Suíça, com banda larga satelital integrada à rede terrestre LTE da Deutsche Telekom em 300 localidades. A promessa é de oferecer conexão de 75 Mbps com "zero latência" em comunicação de bordo em voos na Europa. A Inmarsat ressalta ainda que as aeronaves não precisam de peças extras para a conexão, o que deixa a solução mais leve, fácil de instalar e com baixa necessidade de manutenção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.