Starlink se torna a maior operadora de Internet via satélite do Brasil

Antena da Starlink. Foto: Divulgação/Starlink

A Starlink agora é, oficialmente, a operadora com o maior número de clientes diretos de Internet via satélite do Brasil. O feito foi alcançado no último mês de maio, conforme balanço de acessos da banda larga divulgado pela Anatel nesse último dia 1º.

A empresa saiu de 162 mil acessos em abril para 200 mil acessos em maio – alta de 38 mil assinantes em apenas um mês. A HughesNet, por outro lado, registrou leve queda no mesmo intervalo: a marca fechou o mês de maio com 179 mil acessos, contra os 180 mil de abril. A quantidade de acessos inclui clientes residenciais e corporativos atendidos diretamente pelas soluções.

Com a atualização dos números, a companhia de Elon Musk aparece respondendo por 42,5% da fatia de mercado da banda larga via satélite no País, contra 38,1% da ex-líder HughesNet.

Notícias relacionadas

Para efeito de comparação, a operação da Hughes tinha 195 mil acessos em maio de 2023. No mesmo período, a Starlink registrava 57 mil assinaturas, ainda segundo dados da Anatel. 

Setor

O salto nos acessos de banda larga da Starlink é, inclusive, o que vem puxando o mercado de Internet via satélite no Brasil. Ao contrário da operadora de Elon Musk, a maior parte das empresas nesse setor perdeu assinaturas por aqui entre abril e maio de 2024.

Arte: Teletime

A Telebras, por exemplo, fechou maio com 20 mil assinaturas, após perder 7 mil acessos no balanço de dados da Anatel. No mesmo período, a Claro ficou com 19 mil acessos, já que perdeu pouco mais de mil acessos de banda larga via satélite em relação à abril.

Somando todas as provedoras de Internet via satélite no Brasil, o resultado desse mercado para maio de 2024 foi positivo. Em maio de 2023, eram 364 mil os acessos de banda larga usando esse tipo de tecnologia. Já em maio deste ano, a Anatel registrou uma soma de 471 mil assinaturas – alta de 29%.

Estados

Dos 471 mil acessos de Internet via satélite no Brasil, 70 mil (14,8%) ficam em Minas Gerais. O número é maior que a quantidade de assinantes nessa modalidade na região de São Paulo – segunda colocada, com 51 mil acessos (10,8%). Pará e Amazonas aparecem em seguida com 40 mil e 32 mil acessos, respectivamente.

Minas também é a unidade da federação com o maior número de clientes da Starlink. De acordo com a Anatel, foram registrados 23,3 mil acessos na região em maio de 2024. Antes, era o Amazonas que detinha a maior quantidade de assinantes da constelação. Agora, na segunda posição, o maior estado do Norte tem 23,1 mil acessos na operadora de Musk. São Paulo fica em terceiro lugar (22 mil), seguido pelo Pará (21 mil) e Mato Grosso (18 mil).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!