MCTIC abre consulta para definir a estratégia brasileira de 5G

Foto: Pixabay

Até o próximo dia 31 de julho, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) receberá contribuições sobre a estratégia para as redes 5G. O objetivo da consulta pública, lançada pelo ministério nesta terça-feira, 2, é colher subsídios dos diversos interessados em todos os segmentos da sociedade para a elaboração de um documento-base da a estratégia brasileira de rede 5G.

As perguntas da consulta foram divididas em cinco eixos temáticos: radiofrequência; outorga e licenciamento; pesquisa, desenvolvimento e inovação; aplicações; e segurança no ambiente 5G. As perguntas foram elaboradas a partir do texto base da Estratégia, disponibilizada para download . Todas as respostas enviadas possuirão caráter público e serão divulgadas ao final do período de contribuições.

De acordo com o MCTIC, o objetivo da estratégia é fazer um diagnóstico de desafios ainda a serem enfrentados, uma visão das potencialidades e um mapeamento das oportunidades propiciadas pela tecnologia 5G no Brasil. Isso, permitirá que o País ingresse na tecnologia alinhado às melhores práticas mundiais, afirma o ministério.

O secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vítor Menezes, afirmou em comunicado que a implementação das novas redes terá impacto significativo no cotidiano. "O 5G vai alterar a forma como vivemos e o Brasil precisa estar preparado para essa tecnologia", ressalta. "A 'Estratégia Brasileira para redes 5G' vai nos auxiliar a definir os valores, oportunidades e prioridades para esse novo tempo".

A consulta pública pode ser acessada clicando aqui.

(Com informações da assessoria de imprensa do MCTIC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.