MCTIC abre consulta para definir a estratégia brasileira de 5G

Foto: Pixabay

Até o próximo dia 31 de julho, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) receberá contribuições sobre a estratégia para as redes 5G. O objetivo da consulta pública, lançada pelo ministério nesta terça-feira, 2, é colher subsídios dos diversos interessados em todos os segmentos da sociedade para a elaboração de um documento-base da a estratégia brasileira de rede 5G.

As perguntas da consulta foram divididas em cinco eixos temáticos: radiofrequência; outorga e licenciamento; pesquisa, desenvolvimento e inovação; aplicações; e segurança no ambiente 5G. As perguntas foram elaboradas a partir do texto base da Estratégia, disponibilizada para download . Todas as respostas enviadas possuirão caráter público e serão divulgadas ao final do período de contribuições.

De acordo com o MCTIC, o objetivo da estratégia é fazer um diagnóstico de desafios ainda a serem enfrentados, uma visão das potencialidades e um mapeamento das oportunidades propiciadas pela tecnologia 5G no Brasil. Isso, permitirá que o País ingresse na tecnologia alinhado às melhores práticas mundiais, afirma o ministério.

O secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vítor Menezes, afirmou em comunicado que a implementação das novas redes terá impacto significativo no cotidiano. "O 5G vai alterar a forma como vivemos e o Brasil precisa estar preparado para essa tecnologia", ressalta. "A 'Estratégia Brasileira para redes 5G' vai nos auxiliar a definir os valores, oportunidades e prioridades para esse novo tempo".

A consulta pública pode ser acessada clicando aqui.

(Com informações da assessoria de imprensa do MCTIC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.