Telefônica apresenta resultados dos testes de WiMax em 2,5 GHz

A Telefônica aproveitou o WiMax Global Congress 2009, que acontece esta semana em Amsterdã, para trazer os resultados finais dos testes com a tecnologia WiMax realizados sobre a rede de 2,5 GHz da empresa (após a aquisição da TVA). A Telefônica lembra que os testes se inciaram em 2006 e que passaram por diferentes estágios de desenvolvimento da tecnologia. No que diz respeito aos serviços utilizados por aqueles que participaram do teste, 99% declararam usar para email, 97% para navegar, 71% para atividades profissionais, 65% para escolas, 59% para download de música e 58% para download de vídeo, 35% para jogos online e 33% para download de filmes. Com usuários residenciais de alta renda entre os escolhidos para a pesquisa, descobriu-se que o ciclo de troca de aparelhos tecnológicos desse perfil pesquisado é de quatro anos para a TV, dois anos para o PC e um ano para o celular. O perfil dos usuários do teste também mostrava que a maior parte avaliou como muito positiva a facilidade de auto-instalação do WiMax, a facilidade de acesso à Internet em segundo lugar, a facilidade de uso, a velocidade de acesso, e a portabilidade como benefícios. No universo daqueles que participaram do teste, 73% disseram que mudariam de provedor e 85% disseram que recomendariam. Mas os usuários também se queixaram de constantes quedas de sinal e de dificuldade para explicar aos amigos o que é banda larga. Quem fez a apresentação foi Marcos Bafutto, diretor de regulamentação da Telefônica. Os testes foram suspensos em abril pelo fim da outorga em caráter experimental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.