Fusão entre BrT, Telemig e Amazônia é tida como inevitável

Já não há dúvidas entre profissionais do mercado de que haverá mesmo uma integração societária (e não apenas um mero consórcio) entre a Brasil Telecom e as operadoras de telefonia móvel também controladas pelo Opportunity (Telemig Celular e Amazônia Celular). E, desta vez, o mercado está considerando o desfecho como favorável. Note que as ações dessas empresas vêm se recuperando bem, acima da média do mercado.
Veja como os analistas justificam essa avaliação positiva:

* Com o Opportunity absolutamente majoritário no controle, os fundos de pensão perdem poder e os conflitos societários se diluem.

Notícias relacionadas

* Para fazer a integração entre as empresas, o Opportunity recebe de um lado (pela venda das operadoras de celulares) e paga de outro (pela Brasil Telecom). Se o jogo parece ser de resultado zero, por que não elevar o valor total da nova companhia, perguntam analistas?

* O potencial de valorização dessa troca aumenta o valor da Telemig Celular frente a outros interessados, como é o caso da joint-venture entre Portugal Telecom e Telefônica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.