Rajeev Suri deixará comando da Nokia em agosto; empresa aponta novo CEO

A direção da Nokia escolheu nesta segunda-feira, 2, um novo presidente e CEO que comandará a operação da fornecedora a partir do mês de setembro. Trata-se do finlandês Pekka Lundmark, atual presidente e CEO da Fortum, que atua no ramo da energia. O executivo substituirá Rajeev Suri, que renunciou ao posto após atuar na direção da empresa desde outubro de 2009.

Segundo comunicado, a intenção de deixar a Nokia já havia sido indicada por Suri há algum tempo, deflagrando assim a busca por um substituto dentro e fora da companhia. O atual presidente e CEO da fornecedora segue no cargo até o dia 31 de agosto, atuando depois como consultor até o primeiro dia de 2021.

Notícias relacionadas

"Depois de 25 anos na Nokia, eu desejo fazer algo diferente", justificou Suri, que ingressou na empresa em 1995. Entre as principais conquistas creditadas ao mandatário estão a consolidação no segmento de infraestrutura de telecom (com a compra da Alcatel-Lucent); o turnaround da divisão de redes; o avanço da lucratividade no negócio de patentes; e a diversificação de negócios amparada por software e pelo segmento corporativo.

"Deixo a companhia acreditando no retorno de uma melhor performance no horizonte", prosseguiu o executivo. Apesar de ter ampliado lucro em 2019, a empresa projeta um 2020 desafiador, sobretudo por conta da musculatura necessária para atendimento da demanda 5G. Com a Huawei tendo a participação restringida em importantes mercados, reduzindo assim o número de opções para fornecimento de equipamentos, até mesmo a assunção do controle da Nokia pelo governo dos EUA já foi ventilada.

Substituto

Com previsão de assumir os cargos de presidente e CEO em 1º de setembro, Pekka Lundmark é formado em ciências pela Universidade de Tecnologia de Helsinque. Antes de atuar na Fortum (onde entregou "robusto retorno aos investidores", segundo comunicado), o profissional já havia trabalhado para a própria Nokia, ocupando diversos cargos executivos (incluindo vice-presidente de estratégia) entre os anos 90 e 2000.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.