Oi suspende por 60 dias emissão de R$ 2,25 bilhões em debêntures

A Oi informou nesta terça-feira, 2, a interrupção por até 60 dias do processo de emissão de debêntures no valor de R$ 2,25 bilhões. A interrupção é mais uma consequência da necessidade de revisão da provisão da Brasil Telecom, que passou de R$ 1,2 bilhão para R$ 2,5 bilhões graças a processo judiciais motivados por ações da época do plano de expansão da antiga Telebrás. Esses processos, inclusive, estão sob investigação da CVM, conforme revelou este noticiário.
No fato relevante distribuído ao mercado, a companhia limita-se a informar que a interrupção se deve "à necessidade de aprofundamento das informações relativas às próximas etapas do processo de reorganização societária da Brasil Telecom S.A". De acordo com reportagem do jornal Valor Econômico, a operadora optou por adiar a operação até que o balanço do quarto trimestre seja divulgado. O resultado do quarto trimestre será ajustado à nova provisão da BrT, dessa forma os potencias compradores das debêntures poderão vizualizar melhor o preço do papel.
Trata-se da quinta emissão de debêntures da companhia prevista para acontecer em duas séries. Uma com vencimento em cinco anos e a outra em 10 anos. A remuneração da primeira corresponde à taxo do depósito interfinanceiro mais 1,2%. A outra segue taxa atrelada ao IPCA mais 1,5%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.