Oi forneceu infraestrutura para transmissão de dados nas eleições 2020

A Oi foi a provedora de redes privadas para os Tribunais Regionais Eleitorais em 18 estados durante os dois turnos (onde houve) das eleições deste ano. Segundo a companhia informou nesta terça-feira, 1º, o braço Oi Soluções – responsável pelo mercado corporativo – disponibilizou 1.400 links para atender a Justiça Eleitoral com backbone de fibra, alcançando 3.887 municípios. 

A empresa diz que a infraestrutura de rede operou com 100% de disponibilidade, tanto no primeiro turno quanto no segundo, em todos os estados e municípios atendidos. 

Os 18 estados atendidos correspondem a 95 milhões dos 148 milhões de eleitores no Brasil. As unidades federativas atendidas com rede privativa de transmissão de dados dos cartórios eleitorais aos TREs foram: Acre, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Tocantins. 

Notícias relacionadas

A Oi Soluções também foi responsável pelo tráfego de dados do TRE do Piauí ao TSE em Brasília. A operadora ainda foi contratada para oferecer circuitos para "demandas pontuais" em Roraima, Amapá, Pará, Rondônia, Maranhão, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Bahia e Pernambuco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.