Paulo Bernardo espera que nova Lei do SeAC faça TV a cabo crescer como o DTH

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse esperar que com o novo marco legal da TV por assinatura, o mercado de cabo possa se desenvolver como tem se desenvolvido o mercado de DTH. O ministro apontou um crescimento de 30% no mercado esse ano e relembrou que a estimativa é que a penetração da TV por assinatura, que hoje é de 20%, vá a 32% dos domicílios em 2015. Ele participou de seminário realizado pelo Minicom nesta quinta, 1º, sobre a Lei 12.485/2011.

Notícias relacionadas
"Para que esse crescimento aconteça, é preciso que as operadoras invistam maciçamente no setor", disse o ministro. "Queremos que o crescimento vertiginosodo DTH seja repetido pelo cabo, com oferta do triple play", disse Paulo Bernardo, lembrando que o governo prepara uma medida provisória para desoneração dos investimentos em rede. "Essa medida ainda não saiu porque o governo está segurando o envio de novas mensagens ao Congresso, para aliviar um pouco a pauta, mas vai acontecer em breve", explicou Paulo Bernardo, ressaltando que a proposta da MP já passou por todas as áreas técnicas do governo e está agora na Casa Civil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.