Número de usuários de internet em domicílios cresce 11% em um ano no Brasil

O número de brasileiros tiveram acesso à internet em casa ou no trabalho no mês de setembro chegou a 70,9 milhões de pessoas, de acordo com levantamento divulgado nesta quinta-feira, 1º, pelo instituto de pesquisas Ibope Nielsen Online. Deste total, 50,9 milhões foram considerados usuários ativos — que efetivamente acessaram a internet nesses ambientes entre agosto a setembro.

Notícias relacionadas

De acordo com o instituto de pesquisa, um dos destaques no mês foi o acesso em domicílios: dos 67,8 milhões de pessoas que têm acesso em casa, 42,1 milhões foram usuários ativos da rede mundial. O número de quem efetivamente navegou representa um aumento de 1,4% comparado ao mês de agosto e de 11% comparado com o mesmo período do ano passado.

O estudo não revela qual o número total de internautas registrados no mês de setembro, considerando também aqueles que navegaram em lan houses e outros pontos de acesso público, por exemplo. No segundo trimestre deste ano — de maio a junho —, o número de internautas no país chegou a 83,4 milhões.

Uma das razões para o aumento do acesso à internet em casa, na avaliação do Ibope, foi o crescimento da renda das pessoas que, a partir de 2007, tiveram um primeiro contato com um computador em lan houses para, em seguida, comprar o próprio PC.

Segundo José Calazans, analista do Ibope Nielsen Online, a internet no Brasil está na “terceira fase” de evolução. Ele explica que, até o fim de 2003, havia uma concentração de uso por pessoas com mais renda. “Em 2004, a internet domiciliar continuava restrita às classes A e B, mas o número de usuários mensais superou os 10 milhões com o surgimento dos sites sociais.”

Para Calazans, uma quarta fase pode estar começando agora, com o uso da internet e das redes sociais por meio de tablets e smartphones.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.