Baigorri projeta interesse em todos os lotes e mais de um entrante no leilão de 5G

Para Carlos Baigorri, conselheiro da Anatel, as expectativas de interesse pelo leilão de 5G são "as melhores possíveis" e incluem a possibilidade de mais de um entrante no mercado de telecomunicações.

Participando de live promovida pelo consórcio de provedores regionais Iniciativa 5G Brasil nesta sexta-feira, 1°, o conselheiro apontou oportunidades para "pequenos provedores regionais, grandes operadores e novos grandes operadores".

Segundo ele, além dos candidatos a entrantes "mais vocais", que já publicizaram o interesse no leilão de 5G, há também outros potenciais compradores que procuraram a agência "com maior discrição".

Notícias relacionadas

O mesmo valeria para lotes regionais: após declarar em agosto que o bloco de 3,5 GHz em Centro-Oeste poderia ficar sem propostas, Baigorri teria sido abordado por interlocutores do mercado que reportaram interesse na região.

O conselheiro também citou candidatos com modelos de negócio "fora da caixa", além de manifestar expectativa sobre o surgimento de uma operação de redes neutras após o leilão. "Isso pode ser plataforma para aqueles que não entrarem no edital", completou. A Highline Brasil é uma dessas empresas que declaradamente já mostrou interesse de atuar no atacado, mas segundo apurou este noticiário há outras que podem surpreender, como o fundo Pátria.

Ainda assim, Baigorri destacou aspectos do edital que poderiam favorecer o ingresso. Entre eles, valores de outorgas que não devem chegar a 5% do valor da faixa em alguns casos, condições de parcelamento do pagamento pelo mesmo número de anos da licença (20 ou 10) e o sistema de múltiplas rodadas do leilão, com disponibilização de blocos menores em casos de vazio.

Quem também mereceu menção foi a faixa de 2,3 GHz. "Ouvi muita gente cética quanto à demanda, mas nosso papel é colocar o máximo de espectro à disposição", defendeu Baigorri, em oposição ao que chamou de especulação do espectro. "Se vender, que bom. Se não vender, a gente guarda e retoma em uma próxima licitação".

Provedores

A Iniciativa 5G Brasil já se manifestou a respeito da necessidade de espectro em 3,5 GHz e 700 MHz para operação do 5G pelos provedores regionais. Diretor executivo do grupo de ISPs que avalia participação no leilão, Rudinei Gerhart apontou que 4 de outubro será o prazo limite para inscrição de novos membros. A Iniciativa contaria hoje com mais de 400 membros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.