Vivo aprova conversão de todas as ações preferenciais em ordinárias

A Telefônica Brasil, dona da Vivo, aprovou nesta quinta-feira, 1º, a conversão de 1,119 bilhão de ações preferenciais em ordinárias. A proporção definida e ratificada nas assembleias geral extraordinária (AGE) e geral especial dos titulares de ações preferenciais (Agesp) é de 1:1, conforme estava previsto na proposta aprovada pelo conselho em agosto e que já teve anuência prévia da Anatel.

Em comunicado, a companhia afirmou: "Este é um passo importante no processo de fortalecimento da governança da Vivo junto a seus acionistas minoritários, porque oferece mais direitos e proteção, principalmente pela extensão do direito de voto e existência de tag along para todos os acionistas". 

Ainda segundo a operadora, a conversão para uma única classe de ações "consolidará e potencializará a liquidez e o valor de mercado da empresa". Com isso, declara a Vivo, confirma-se o foco no longo prazo, "respeitando os preceitos da ética e transparência nas relações com todos seus stakeholders". 

As ações ordinárias recém-convertidas terão todos os benefícios atuais, inclusive dividendos e eventuais remunerações de capital que possam ser aprovados. O valor por ação preferencial, correspondente ao valor do patrimônio líquido ajustado do exercício de 2019 é de R$ 40,38.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.