Vivo passa a oferecer serviços em FTTH em Jaguariúna (SP)

Foto: Pixabay

A Vivo anunciou nesta terça-feira, 1º, expansão de sua rede de fibra até a residência (FTTH) no interior de São Paulo. Desta vez, a cidade a receber a infraestrutura é Jaguariúna, a 125 km da capital. Assim como nos demais casos, a operadora chega ao município com serviços fixos de banda larga, telefone e TV por assinatura. A tele ativou os serviços para clientes residenciais e corporativos. 

Interessante notar que a Vivo destaca não apenas os canais tradicionais, mas também os por meio de streaming (over-the-top). A companhia passa a oferecer em Jaguariúna o serviço de IPTV pela fibra, com 110 canais de HD e plataformas de vídeo on-demand de 20 mil títulos. Mas também oferece 58 canais OTT, que podem ser acessados por computador, celular ou tablet. 

Em comunicado, o diretor regional da Vivo em São Paulo, João Truran, destaca os benefícios da infraestrutura que permitem avançar no serviço de banda larga (com velocidade de até 300 Mbps) e da TV paga. "Jaguariúna é uma cidade extremamente importante e estratégica para a Vivo e, por isso, estamos trazendo a fibra ótica em 2019", declara ele.

A companhia oferecerá promoções com a chegada do FTTH: quem contratar 100 Mbps, terá a velocidade de 200 Mbps por 12 meses a partir da data de aquisição. O combo com banda larga (100 Mbps), TV por assinatura (Ultimate HD) e telefone fixo (Ilimitado Local) sai por R$ 229,89. Além disso, clientes Vivo Fibra que também sejam clientes no serviço móvel receberão bônus de até 50 GB na franquia de dados móveis. 

No caso dos clientes corporativos, a oferta promocional com 200 Mbps custará R$ 99,99 no combo por 12 meses. Da mesma forma, quem contratar o pacote de fixo + móvel Vivo Total terá o mesmo preço, mas por 300 Mbps, além de dobro na franquia de dados móveis. 

Recentemente, a operadora anunciou em sua estratégia de expansão de fibra também a possibilidade de parcerias para o avanço da rede. A companhia incluiu 12 novas cidades em sua cobertura FTTH somente no segundo trimestre, fechando o período com 142 municípios com a tecnologia. Com isso, também aumentou a quantidade de homes-passed em quase um milhão, chegando a 9,5 milhões de premissas em junho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.