Quadros se mostra satisfeito com reunião com donos da Oi e afasta intervenção

Foto: Anatel

O presidente da Anatel, Juarez Quadros, se mostrou satisfeito com os planos apresentados pelo Conselho de Administração da Oi, em reunião que durou mais de três horas nessa terça-feira, 1º, em Brasília. "Não se falou em intervenção", disse Quadros, mas avisou que os detalhes da proposta de recuperação judicial e os créditos com o governo serão informados no final da tarde, após o fechamento da Bolsa de Valores.

Na conversa, os conselheiros detalharam o plano de captação de recursos com aumento de capital, já anunciado pela Oi. Outro assunto em pauta foram as ações futuras e a questão dos créditos com a Anatel, que a operadora quer tratar no bojo da recuperação judicial e a Advocacia-Geral da União exige que seja apartado do processo.

Participaram da reunião os conselheiros Luís Palha, da Pharol e que substituiu o presidente José Mauro Mettrau; Nelson Tanure, Hélio Costa, Demian Fiocca, Thomas Reichemheim e Ricardo Reisen. Estava presente ainda William Steers, já indicado para o Conselho, mas que ainda não recebeu a anuência para assumir o cargo, e uma representante do BNDES, Eliane Lustosa, que não é conselheira. E ainda o presidente executivo da operadora, Marco Schroeder. Todos os conselheiros Anatel participaram da conversa, além do procurador Paulo Firmeza e a ouvidora Amélia Alves.

Esta é a primeira reunião da agência com os "donos" da operadora, que está em recuperação desde julho do ano passado. Para Quadros, a conversa foi produtiva: ele disse estar satisfeito com o plano de recuperação apresentado em detalhes. Esse plano será levado à assembleia de credores, que acontecerá em setembro ou outubro.

"A apresentação foi dividida em várias partes, uma sobre a situação financeira, outra sobre a situação operacional e o plano de recuperação", disse Quadros, que considerou a proposta boa para a agência e para o País. Os conselheiros da Oi não quiseram falar no final da reunião.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.