Diferença nos preços das operadoras pode chegar a R$ 860 ao ano, aponta Proteste

Segundo a associação de consumidores Proteste é possível economizar até R$ 860 por ano em um plano que inclua canais de filmes nas opções de pacotes de TV por assinatura. A associação pesquisou os preços de 95 planos e 108 pacotes pay-per-view oferecidos por seis empresas de TV paga em dez estados, levando em conta os preços e os canais oferecidos pelas operadoras em cada tipo de pacote para quatro perfis de consumo – simples, cinema, infantil e esportes.

No plano simples, é possível , a depender da operadora escolhida, até R$ 420 ao ano, exceto em SP, onde a economia é de no máximo R$ 300 dadas as opções existentes. Para o plano esportes, a economia anual é de R$ 270 e no de canais para crianças, R$ 240.

A Claro TV é a que conta com o pacote mais barato do plano simples, o Essencial, que custa R$ 54,90, em preço promocional por quatro meses. Depois, sai por R$ 79,90, contendo os canais Futura, Cultura, TNT, Warner Channel e Multishow.

A opção mais em conta do perfil cinema é o Net Essencial HD + Telecine, por R$ 109,90, que carrega os canais HBO, Canal Brasil, Max, Megapix e os Telecines Action, Pipoca e Premium.

Para o perfil esportes, o plano mais barato também é o Essencial da Claro TV, por R$ 136,23. Os canais que integram este pacote são ESPN, SporTV, SporTV 2 e 3 e o Campeonato Brasileiro, Série A.

E no perfil infantil, os planos com menores preços são o Família da Claro TV e o New Sky Light da Sky – ambos custam R$ 79,90 por mês. O pacote selecionado contém os canais Cartoon Network, Discovery Kids, Disney Channel e Disney XD.

Adesão

Segundo a associação, ao fechar a contratação, o consumidor deve estar atento às taxas de adesão e instalação cobradas pelas operadoras para quem não escolhe os "combos" ou que não tenham a fidelização de no mínimo, um ano. Há empresas que também cobram menos para quem opta pelo débito automático.

A Oi, por exemplo, cobra taxa de adesão de R$ 480, caso o consumidor não queira ficar fidelizado, mas não cobra a taxa para quem tem os planos Oi Velox ou Oi Conta Total.

A GVT cobra taxa de adesão de R$ 299 e R$ 499 de instalação. Mas o consumidor que fica com o "combo" (serviço de TV, telefonia e banda larga), não paga nenhuma das duas taxas.

A Net tem taxa de adesão de R$ 60 para o plano Net Fácil HD com fidelidade de um ano, mas não cobra para o plano Net Top, com o mesmo tempo de fidelização.

A Vivo TV não tem taxa de adesão, mas quem opta pelo plano sem Internet deverá ficar com ele por um ano.

Falha

A pesquisa encontrou uma falha no site da Vivo TV. Os preços dos pacotes para a região Sul não aparecem no site, e o telefone e chat indicados no site trabalham apenas com a área de São Paulo, causando prejuízos aos consumidores de outros estados, que ficam sem suporte.

A avaliação completa está na revista ProTeste de julho, que é distribuída aos associados da entidade e também no site: www.proteste.org.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.