Google e Facebook querem oferecer soluções, e não produzir conteúdo

Executivos do Google TV e do Facebook participaram de debate no MipTV, mercado de conteúdos que acontece esta semana em Cannes, e disseram que, apesar de participarem de alguma forma do mercado de televisão, não pretendem desenvolver ou coproduzir conteúdo, mas sim oferecer soluções. "O que queremos fazer é dar possibilidade aos desenvolvedores de conteúdo de distribuir em multiplataforma", observou o gerente de desenvolvimento de parcerias estratégicas do Google TV, Christian Witt. O produto, disponível no mercado americano, teve sua distribuição em TVs conectadas da Sony recentemente anunciada. Segundo o executivo, outras fabricantes estão interessadas no produto.

Notícias relacionadas
Karla Geci, diretora de parcerias estratégicas do Facebook, explica que o grande negócio da empresa é construir conexões e afirma que a televisão pode tirar proveito do potencial de distribuição e socialização da rede social. Cases de sucesso da televisão no Facebook não faltam. Recentemente, na Inglaterra, o canal 5, que transmite o "Big Brother", lançou um aplicativo pelo qual as pessoas podem votar também pelo Facebook. Metade dos votos para eliminar participantes do programa foram feitos via rede social. Produção, no entanto, não está nos planos. "A melhor coisa é continuar criando novas maneiras de entregar conteúdo de uma boa forma", explica a executiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.