TIM tem quatro propostas formais por unidade de fibra ótica

A TIM recebeu quatro propostas formais pelo controle de sua nova unidade para redes de fibra ótica (a FiberCo), informou a operadora durante encontro com investidores realizado nesta segunda-feira, 1º.

Na ocasião, a empresa sinalizou que está próxima da assinatura do contrato com o novo sócio. A TIM já havia indicado intenção de concluir a busca no primeiro trimestre, mas segundo o diretor financeiro da operadora, Adrian Calaza, pode ser que a operação ocorra nas primeiras semanas de abril.

"Separar a infraestrutura do fixo vai ser uma alavanca importante para acelerar a cobertura da banda larga. Esse mercado vai crescer em 15 milhões de clientes e devemos estar prontos para pegar as oportunidades", afirmou o CEO da TIM, Pietro Labriola.

Notícias relacionadas

Última milha

O negócio cujo controle está à venda terá foco na construção de infraestrutura de última milha – seja com fibra até a residência (FTTH) ou fibra até o gabinete (FTTc). O acordo não envolverá o backbone ou backhaul da TIM.

Entre os nomes ventilados como potenciais compradores do controle da FiberCo está o do BTG Pactual, mas a TIM já havia sinalizado contar com mais de uma proposta na mesa.

Durante o encontro com analistas, a empresa também revelou algumas metas de expansão da infraestrutura: a estimativa é que até 2023 a cobertura FTTH cresça 108%, enquanto o número de 'FTTCitys' deve avançar 61% impulsionada pelo modelo.

Labriola também destacou que a separação industrial de ativos fixos é uma tendência em todo o setor de telecom, mas argumentou que, no Brasil, a TIM teria sido a primeira companhia a iniciar a adoção da estratégia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.