Helio é a nova marca da MediaTek para processadores high-end

Helio: esta é a marca que a MediaTek usará para seus processadores móveis top de linha daqui em diante. É a primeira vez que a empresa asiática adota um nome simples para seus produtos, que até então eram chamados por seus nomes industriais, geralmente um conjunto de letras e números de difícil memorização.

Notícias relacionadas
Os processadores Helio serão divididos em duas séries: a X e a P. A primeira será voltada para o estado da arte em performance de smartphones, enquanto a P se destinará a aparelhos com performance otimizada, com a melhor relação possível entre duração de bateria e espessura do smartphone.

O primeiro modelo da série X se chama X10 e foi apresentado pela companhia nesta domingo, 1, em Barcelona, na véspera do Mobile World Congress (MWC). É um octacore de 2,2 GHz, CPU de 64 bits e apenas 20 nm. Ele permite a adoção de displays LCD de 120 Hz, compressão H.265 e filmagem em câmera lenta com 480 quadros por segundo, ou seja, 1/16 a velocidade normal. Os executivos da empresa afirmam que a performance do X10 é melhor que aquela de seus competidores diretos, como o Snapdragon S810, de acordo com o aplicativo de teste An Tu Tu.

Compartilhamento de hardware e software

Outra novidade apresentada pela MediaTek é a plataforma CrossMount para compartilhamento de conteúdo e hardware entre devices, como smartphones, tablets e TVs. Desta maneira, pode-se, por exemplo, usar o microfone do smartphone para fazer uma busca por conteúdo em uma TV conectada, ou usar a tela da TV para uma videoconferência com a câmera do celular. Também é possível somar a conexão à rede móvel de dois smartphones, aumentando a velocidade de download. Isso sem falar no compartilhamento de conteúdo, como exibir a imagem do smartphone na tela da TV, algo já oferecido por outras plataformas.

Para incentivar a adoção dessa tecnologia como um padrão mundial, a empresa criou a CrossMount Alliance. Lenovo e TCL estão entre os primeiros fabricantes de smartphones que se comprometeram a lançar produtos compatíveis. Os primeiros modelos devem chegar ao mercado no fim deste ano.

Análise

A criação da marca Helio segue uma tendência iniciada pela Intel, em PCs, que consiste na promoção junto ao consumidor final da importância de ter um bom processador. No mercado de chipsets móveis, a primeira a fazer isso foi a Qualcomm, com a marca Snapdragon. Até o ano passado, a Mediatek costumava dizer que preferia economizar em marketing para poder oferecer chipsets mais baratos. Agora a estratégia mudou, pelo menos em sua camada de alto valor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.