América Latina afeta resultados do grupo

A depreciação do real (-21,8%) e do peso chileno (-12,4%) frente ao dólar e a situação recessiva da Argentina afetaram os resultados financeiros da Telefónica Latinoamerica (que reúne operações fixas e móveis na Argentina, Brasil, Chile e Peru). As receitas consolidadas decresceram 2,3%. Por outro lado, a Telefônica de São Paulo foi responsável, sozinha, por um aumento de receita bruta de 25% (em reais) por conta do crescimento da planta (antecipação de metas). A Telefônica de São Paulo finalizou o ano passado com 12,6 milhões de linhas (penetração de 33,8%) e registrou um crescimento de 6% no seu lucro líquido. Já na Argentina, a Telefónica aumentou a provisão para devedores duvidosos (PDD) em 102,5% por conta da crise econômica do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.